Artigo Anais I CNEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2526-1908

ATUAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM DA ATENÇÃO PRIMÁRIA NA ASSISTÊNCIA AO IDOSO, VÍTIMA DE VIOLÊNCIA NO ÂMBITO FAMILIAR: UMA REVISÃO INTEGRATIVA

Palavra-chaves: ENFERMAGEM, IDOSO, VIOLÊNCIA, FAMILIAR Tema Livre (TL) / Oral Papers Submission AT-3: ENFERMAGEM E A SAÚDE DA PESSOA IDOSA Publicado em 23 de novembro de 2016

Resumo

Objetivo: Identificar evidências sobre atuação dos profissionais de Enfermagem da atenção primária na assistência ao idoso, vítima de violência no âmbito familiar. Métodos: Após definição da pergunta norteadora do estudo, foi realizada uma revisão integrativa da literatura, a partir de levantamento de artigos publicados em língua portuguesa, entre 2010 a 2015. A busca foi realizada na Biblioteca Virtual em Saúde (BVS), na qual foram inicialmente localizados 23 artigos, dos quais 9 estudos preencheram o critério de inclusão. Para a busca, a partir das bases de dados, realizada por dois avaliadores independentes, foram utilizados os descritores “violência”, “idoso”, “enfermagem”, “familiar”. Resultados: Foi possível identificar a importância do acompanhamento dos idosos na atenção primária, que se configura como um relevante instrumento para a identificação de casos de violência, devido à sua inserção geográfica e sociocultural na comunidade e à proximidade da equipe de saúde com a população idosa adscrita. Merece destaque ainda a contribuição do caráter multidisciplinar da equipe de saúde e das ações intersetoriais da mesma em relação à investigação de casos suspeitos e à busca por assistência e segurança dos idosos, vítimas de agressão no contexto familiar, apontando também a necessidade de uma sensibilização da sociedade civil em torno do envelhecer, que ainda é alvo de grandes preconceitos na sociedade. Considerações finais: É perceptível que o Enfermeiro necessita de capacitação frequente para oferecer melhor assistência à pessoa idosa, buscando assim colaborar com processo de envelhecimento saudável, oferecendo uma atenção integral a população, tentando desmistificar o envelhecer e os preconceitos que ainda cercam esta faixa etária.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.