Artigo Anais I CNEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2526-1908

POSSIBILIDADE DE AVALIAÇÃO DAS INSTITUIÇÕES DE LONGA PERMANÊNCIA PARA IDOSOS POR DIFERENTES ENTES SOCIAIS MEDIANTE UM INSTRUMENTO VÁLIDO NO CONTEXTO BRASILEIRO

Palavra-chaves: INDICADORES DE QUALIDADE, INSTITUIÇÃO DE LONGA PERMANÊNCIA PARA IDOSOS, CONFIABILIDADE E VALIDADE, QUALIDADE DOS CUIDADOS DE SAÚDE Pôster (PO) / Poster Submission AT-9: POLÍTICAS PÚBLICAS E DIREITO DA PESSOA IDOSA Publicado em 23 de novembro de 2016

Resumo

As Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI) são uma importante alternativa de cuidado em todo mundo, porém o Brasil ainda não dispõe de instrumento válido para monitorar a qualidade dessas instituições e para que os diferentes entes sociais possam ter um embasamento mais claro das reais condições das ILPI e suas possibilidades de melhorias. Nos Estados Unidos, utiliza-se o Observable Indicators of Nursing Home Care Quality Instrument (IOQ) o qual avalia a qualidade do cuidado nas ILPIs a partir de 30 indicadores de estrutura (2 dimensões) e processo (5 dimensões) relacionados à dimensão da qualidade Atenção Centrada na Pessoa. Assim, este estudo objetiva descrever o processo de adaptação transcultural do Observable Indicators of Nursing Home Care Quality Instrument (IOQ) e as possibilidades de utilização por diferentes entes sociais -potenciais consumidores (idosos e familiares), administradores e reguladores como, por exemplo, os funcionários da Vigilância Sanitária. Três perfis de avaliadores (profissionais de saúde, reguladores e potenciais consumidores) coletaram os dados para análise da confiabilidade (α de Cronbach, Índice de Concordância Geral-ICG e Kappa-K) e da situação dos indicadores. Estimou-se o cumprimento pontual e Intervalo de Confiança 95% dos indicadores, dimensões e construto total. Obteve-se um alfa de Cronbach elevado (0,93), ICG satisfatório (75%) e concordância substancial através do coeficiente Kappa (0,65) entre os pares de avaliadores: profissionais de saúde, reguladores da Subcoordenadoria da Vigilância Sanitária (SUVISA) e potenciais consumidores. Identificou-se o IOQ como sendo válido e confiável no contexto brasileiro. Sugere-se o uso para avaliar e monitorar a qualidade do cuidado nas ILPI por profissionais de saúde, reguladores e potenciais consumidores e evidenciar oportunidades de melhoria. Este instrumento pode ser utilizado por diferentes entes sociais, inclusive como um pressuposto a uma atitude de cidadania perante a um contingente populacional que mais precisa e carece da qualidade do cuidado no âmbito das ILPI, os próprios idosos e familiares.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.