Artigo Anais I CNEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2526-1908

Visualizações: 230
O IDOSO CUIDANDO DE IDOSO: RELATO DE CASO

Palavra-chaves: IDOSO;, CUIDADOR;, ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM. Tema Livre (TL) / Oral Papers Submission AT-3: ENFERMAGEM E A SAÚDE DA PESSOA IDOSA Publicado em 23 de novembro de 2016

Resumo

Trata-se de estudo de caso clínico realizado com cuidadora familiar idosa cuidando do idoso dependente com o objetivo de identificar os indicadores empíricos e o nível de tensão com suas repercussões na vida pessoal, familiar e social. A coleta de dados ocorreu em janeiro de 2015 no domicílio da cuidadora, através de entrevista semiestruturada e subsidiada pelos elementos do diagnóstico de enfermagem Tensão do papel de cuidador. Os dados foram analisados com respaldo na literatura pertinente. Com base nos dados empíricos apreendidos no caso clínico foi possível identificar os antecedentes, atributos e consequências da tensão do processo de cuidar e categorizar a tensão no nível moderado. A cuidadora enfrentava situações no desempenho do seu papel de cuidar que interferiam nos aspectos da vida pessoal, familiar e social. O fato de ser também idosa implicou em agravamento de doenças já instaladas como as circulatórias e osteoarticulares, além de problemas de ordem emocional e de interação social. Não dispunha de tempo para cuidar de si, buscar os serviços de saúde, participar de grupos comunitários e da igreja ou de outras atividades sociais que lhes eram importantes. Ficou também evidente, no caso, que nas relações familiares da cuidadora havia algum grau de conflito, tanto em decorrência da situação instalada quanto da omissão de alguns membros em dar atenção ao idoso e da recusa em ajudar nas atividades do cuidado. Conclui-se que a tarefa de cuidar de idoso dependente implica um grande desgaste para o cuidador familiar, especialmente quando a responsabilidade é assumida pelo cuidador idoso, o que o torna duplamente vulnerável ao aparecimento problemas na saúde física e emocional. As fragilidades orgânicas e emocionais identificadas na cuidadora idosa contribuíram para um nível de tensão moderado, e por vezes, precisam de mais atenção do que a pessoa cuidada. Portanto, as ações de enfermagem devem ser planejadas para apoiar o cuidador na redução dos fatores que causam a tensão gerada pelo processo de cuidar. Palavras chave: Idoso; Cuidador; Assistência de enfermagem.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.