Artigo Anais I CNEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2526-1908

Visualizações: 345
RELATO DE EXPERIÊNCIA DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DE ENFERMAGEM NA SAÚDE DO IDOSO: PROMOÇÃO DO ENVELHECIMENTO ATIVO E SAUDÁVEL

Palavra-chaves: ENVELHECIMENTO ATIVO, SAÚDE DO IDOSO, ENFERMAGEM, EDUCAÇÃO EM SAÚDE Pôster (PO) / Poster Submission AT 7: ENVELHECIMENTO ATIVO E QUALIDADE DE VIDA Publicado em 23 de novembro de 2016

Resumo

INTRODUÇÃO: O envelhecimento tem tido nos últimos anos um crescimento considerável, e nesse processo é fato que existe uma importante perca das funções de percepção mental, memória, e raciocínio, existindo ainda o aumento da dependência de recursos sociais. Dessa forma, para que o envelhecimento se torne uma fase na qual o indivíduo tenha uma vida com qualidade, é primordial que existam investimentos na saúde voltada para essa população. Nesse contexto é fundamental o trabalho do enfermeiro na busca por estimular a população idosa ao autocuidado, na perspectiva de ter um envelhecimento ativo e saudável. METÓDO: Trata-se de um relato de experiência de caráter descritivo, com abordagem qualitativa que emerge especificamente das atividades desenvolvidas sobre “envelhecimento ativo e saudável” na disciplina de “Estágio Supervisionado” do 9° período do curso de graduação em Enfermagem da Universidade Potiguar (UNP). RESULTADOS E DISCUSSÃO: O estágio supervisionado de enfermagem voltado para a saúde do idoso da Universidade Potiguar tem a intenção de colocar os estudantes de enfermagem em contato com esse público, na busca que o futuro profissional desenvolva pensamento crítico para a elaboração de planos de cuidados voltados para a classe idosa. Para tanto, os acadêmicos do 9º período de enfermagem elaboraram ações de educação em saúde com os idosos que compõem o Centro Integrado da Saúde (CIS) da UNP, ações essas direcionadas para a seguinte temática: envelhecimento ativo e saudável. Levando em consideração que o envelhecimento ativo vai além da saúde física, aspectos objetivos e subjetivos precisam ser mais bem avaliados, sendo imprescindível saber como as pessoas que estão no processo de envelhecimento encaram as adaptações que esse momento da vida do ser humano traz consigo. CONCLUSÃO: Nesse contexto, as práticas vivenciadas pelos alunos do curso de graduação em Enfermagem da Universidade Potiguar colaboraram expressivamente para o olhar mais minucioso e apurado a respeito das principais carências e desafios no processo de envelhecimento, pois o enfermeiro constitui um profissional indispensável para a prevenção, promoção, e reabilitação da saúde da população.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.