Artigo Anais I CNEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2526-1908

Visualizações: 168
MONITORAMENTO DA SAÚDE DO IDOSO NO MUNICÍPIO DE JOÃO PESSOA- UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

Palavra-chaves: MONITORAMENTO, SAÚDE DO IDOSO, UNIDADES DE SAÚDE DA FAMÍLIA Pôster (PO) / Poster Submission AT-10: EDUCAÇÃO E ENVELHECIMENTO

Resumo

A cidade de João Pessoa tem hoje cerca de setenta e cinco mil idosos, conforme dados do IBGE-2010. Diante desta realidade é de grande relevância a necessidade de investimentos dos governos na criação de políticas públicas incentivando e promovendo ações rotineiras nos serviços de saúde de promoção, prevenção e reabilitação para as pessoas idosas, emponderando-as nesse processo, junto aos seus familiares, cuidadores e profissionais da Atenção Básica. O objetivo deste trabalho é relatar as experiências vivenciadas pelos profissionais da área técnica da Secretaria Municipal de Saúde do de João Pessoa e grupos de trabalho (profissionais do NASF) responsáveis pela Atenção à saúde do idoso, através da construção e aplicação de uma planilha de monitoramento de saúde do idoso. A construção do instrumento ocorreu no início do ano de 2015, quando, inicialmente foram realizadas reuniões para discussão e definição de quais dados deveriam ser coletados. Num segundo momento, foi realizado um matriciamento com representações dos cinco Distritos Sanitários para conscientização e responsabilização dos profissionais da Estratégia Saúde da Família (ESF) no levantamento desta planilha. A proposta do monitoramento é que seja semestral, ficando os profissionais que compõem as Unidades de Saúde da Família (USF) de todo o município de João Pessoa responsáveis pela coleta dos dados do seu referido território; já os profissionais da área técnica e do grupo de trabalho da saúde do idoso fazem o consolidado por Distrito Sanitário e também o consolidado final de todas USFs do município. Esses consolidados possibilitam um “retrato” da população idosa de cada território isoladamente, como também do município como um todo. Por fim, podemos concluir que a construção, aplicação e avaliação dos dados coletados através do instrumento em estudo têm sido de grande valia, pois passamos a ter um panorama geral da saúde das pessoas idosas do município de João Pessoa. Dessa maneira, os profissionais das ESFs poderão ofertar seus serviços e ações, respeitando as especificidades dos seus territórios e, assim promovendo um cuidado integral à saúde dessa população.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.