Artigo Anais I CNEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2526-1908

Visualizações: 243
INSTITUCIONALIZAÇÃO DE IDOSOS: UMA REFLEXÃO SOBRE AUTONOMIA E QUALIDADE DE VIDA

Palavra-chaves: IDOSOS, INSTITUIÇÃO DE LONGA PERMANÊNCIA, AUTONOMIA, QUALIDADE DE VIDA Tema Livre (TL) / Oral Papers Submission AT 7: ENVELHECIMENTO ATIVO E QUALIDADE DE VIDA Publicado em 23 de novembro de 2016

Resumo

A velhice e o envelhecimento humano são áreas de relevância na atualidade, no mundo e no Brasil, pois gradualmente está se invertendo a pirâmide etária devido ao aumento dos índices de natalidade, fecundidade e expectativa de vida. Tendo em vista a necessidade de estudo com os idosos, o presente trabalho objetiva a caracterização de três instituições asilares na cidade de João Pessoa, PB, tendo em vista as instalações; os cuidadores e profissionais e os idosos residentes. Pretende-se conhecer esta realidade para poder propor intervenções mais efetivas para melhorias da qualidade de vida e autonomia do idoso nas Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs). Determinantes subjetivos (biopsicossociais, ou sócio estruturais) são importantes para a qualidade de vida e para a, portanto é muito importante que dentro das ILPIs, os idosos possam entrar em contato com esses determinantes: deve-se envolver a família, circulo social, atividades recreativas e produtivas e o senso de utilidade na vida desses idosos. Trata-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa, descritiva e de campo baseada em relatos de experiência realizados em três instituições de longa permanência da cidade de João Pessoa, PB. A coleta de dados foi feita por meio de registro de observações e de entrevista semiestruturada a respeito de dados sociodemográficos com os gestores/servidores das ILPIs pesquisadas. Para finalizar, este trabalho busca refletir a situação dessas instituições para sugerir novos meios de olhar e agir em prol do idoso institucionalizado.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.