Artigo Anais I CNEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2526-1908

Visualizações: 234
DURAÇÃO DO SONO E SUAS RELAÇÕES EM IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS

Palavra-chaves: SONO, SAÚDE, PERCEPÇÃO Pôster (PO) / Poster Submission AT-1: GERONTOGERIATRIA Publicado em 23 de novembro de 2016

Resumo

O presente estudo é do tipo analítico e transversal, desenvolvido entre setembro e dezembro de 2014, com a devida aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa (protocolo no 834.782 CEP/UFRN). A população foi composta por idosos residentes (N=809) em Instituição de Longa Permanência para Idosos (ILPI) nas duas principais Macrorregiões Assistenciais de Saúde do Estado da Paraíba/PB, alocados em quinze ILPI e oito municípios (Santa Rita, Cabedelo, Bayeux, João Pessoa, Guarabira, Solânea, Belém e Campina Grande). A partir do cálculo amostral foi encontrada uma amostra de 132 sujeitos, distribuída proporcionalmente em cada instituição, e alocada de forma probabilística casual simples. Os critérios de inclusão foram possuir idade igual ou superior a 60 anos; não apresentar distúrbio cognitivo, de acordo com Mini Exame do Estado Mental (MEEM), a partir do ponto de corte maior ou igual a 17 pontos; não apresentar qualquer situação clínica e funcional que impossibilitasse responder coerentemente aos instrumentos de coleta de dados e efetuar testes específicos. E foram excluídos do estudo os idosos que desistiram da pesquisa durante a coleta dos dados, apresentaram alguma condição clínica desfavorável à continuidade do estudo, ou não conseguiram responder a quesitos indispensáveis do questionário. As medidas utilizadas foram: 1) Aspectos relacionadas à saúde geral (idade, sexo, auto- percepção de saúde e uso de medicamentos em uso contínuo - psicotrópicos e hipnóticos) e neuropsiquiátrica (função cognitiva avaliada através do MEEM, cujo escore varia de zero, maior grau de comprometimento cognitivo, até trinta pontos, melhor capacidade cognitiva; depressão avaliada através da Escala de Depressão Geriátrica, versão curta (GDS-15), com quinze itens e ponto de corte 5/6. 3) Qualidade de sono (através do Índice de Qualidade de Sono de Pittsburgh - IQSP, onde valores superiores a cinco indicam sono de má qualidade e inferiores a cinco, sono de boa qualidade); 4) Sonolência diurna excessiva-SDE (através da Escala de Sonolência Diurna de Epworth, escores totais acima de dez sugerem SDE e acima de quinze, sonolência diurna grave ou patológica). A amostra do presente estudo foi composta por 132 idosos (87 mulheres e 45 homens), com média de idade de 78,90 (±7,49) anos. A pontuação global média do IQSP foi de 7,71 (±4,38) pontos e da SDE de 8,65 (±6,45) pontos. Para a classificação da duração do sono noturno, 45,8% (n=60) dos idosos apresentaram 6-8horas/noite, 25,2% (n=33) dos idosos ≤ 5 horas/noite e 29,0% (n=39) ≥ 9 horas/noite.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.