Artigo Anais I CNEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2526-1908

AVALIAÇAO NUTRICIONAL DE IDOSOS USUÁRIOS DAS ACADEMIAS PARA A TERCEIRA IDADE E IDOSOS DE UMA ASSOCIAÇAO NA CIDADE DE NATAL/RN

Palavra-chaves: IDOSO, DESNUTRIÇÃO, ATIVIDADE FÍSICA Tema Livre (TL) / Oral Papers Submission AT- 6: ATIVIDADE FÍSICA E ENVELHECIMENTO HUMANO Publicado em 23 de novembro de 2016

Resumo

O termo envelhecimento é usado para se referir a um conjunto de processos que ocorrem em organismos vivos e que com o passar do tempo levam a uma perda de adaptabilidade e deficiência funcional. Esse processo, apesar de ser natural e acometer todas as pessoas, é marcado pela diminuição progressiva da atividade celular, perda da capacidade funcional e modificação das funções metabólicas. Outras modificações interferem diretamente nos aspectos alimentares desse grupo, como diminuição das papilas gustativas, da secreção salivar, perda de peças dentárias, redução dos movimentos gastrintestinais, aumento dos problemas de desidratação e utilização de nutrientes, desinteresse pela comida, entre outros. O objetivo desse trabalho foi avaliar o risco de desnutrição em idosos praticantes de atividade física de academias para a terceira idade – ATIs e idosos de uma associação. Trata-se de um estudo transversal, onde foi dividido em dois momentos de coleta de dados. No primeiro momento a avaliação ocorreu com idosos praticantes de atividade física de academias para a terceira idade ATIs de Natal/RN, com faixa etária igual ou superior que 60 anos. A avaliação ocorreu em julho de 2015 com 50 indivíduos de ambos os sexos. As seguintes ATIs e os idosos foram escolhidos de maneira aleatória para execução da pesquisa. Dentre os 50 indivíduos avaliados, foram excluídos do estudo 3 idosos que não permitiram ser aferida a circunferência da panturrilha. O presente trabalho foi elaborado de acordo com as normas da Resolução 196/96 do Conselho Nacional de Saúde que descreve as “Diretrizes e normas regulamentadores da pesquisa envolvendo seres humanos”. No segundo momento, a avaliação foi realizada com idosos que frequentam a Associação Riograndense Pró-idosos (ARPI) de Natal/RN. A avaliação ocorreu em julho de 2016, com 40 idosos de ambos os sexos, com idade igual ou superior que 60 anos. Para a avaliação do estado nutricional geral utilizou-se a versão reduzida da MAN. A circunferência da panturrilha foi mensurada por fita métrica inelástica. Com os idosos das ATIs, não foi possível a determinação do IMC em virtude da inadequação do ambiente. Sendo assim, optamos por utilizar a circunferência da panturrilha como medida antropométrica. Já com os idosos que frequentam a ARPI utilizamos a balança, com capacidade para 200 kg. Os idosos permaneceram ereto na parte central da balança, com roupas leves, sem nenhum acessório e descalços. A aferição da altura foi realizada com o estadiometro compacto tipo trena da marca Sanny. De acordo com os resultados obtidos da MAN, foi avaliado a comparação da triagem dos idosos, onde na academia predominou-se a desnutrição (46%) e na ARPI, o estado nutricional normal (67,5%). Hoje em dia a qualidade do envelhecimento é resultado do estilo de vida que o indivíduo optou, no qual os hábitos alimentares são responsáveis por grande parte da qualidade dessa etapa da vida. Sendo assim, faz-se necessário uma maior atenção nutricional nesse estágio da vida como também, o aumento das intervenções de conscientização sobre os riscos associados a uma má alimentação na terceira idade aliada a pratica esportiva.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.