Artigo Anais I CNEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2526-1908

Visualizações: 192
COGNIÇÃO EM UM GRUPO DE IDOSOS ATIVOS: UM ESTUDO A PARTIR DE UM PROJETO INTERDISCIPLINAR

Palavra-chaves: MINI EXAME DO ESTADO MENTAL, IDOSOS, COGNIÇÃO Pôster (PO) / Poster Submission AT-12: ENVELHECIMENTO E INTERDISCIPLINARIDADE

Resumo

Atualmente há uma inversão da pirâmide populacional no Brasil, o que indica um maior desenvolvimento do país exemplificado pela menor taxa de mortalidade, ou seja, o envelhecimento da população devido a maior expectativa de vida. Sendo assim, a incidência de doenças crônicas passou a ser uma maior preocupação com a qualidade de vida e saúde mental. O estudo tem como objetivo avaliar a cognição em um grupo de idosos ativos, tratando-se de uma pesquisa de campo de caráter exploratório e descritivo, com análise quantitativa e foi realizado na Clínica Escola de Fisioterapia da Faculdade de Ciências Médicas da Paraíba com 18 idosos, sendo 13 mulheres e 5 homens, com uma média de 67 anos, que participam do projeto interdisciplinar de pesquisa intitulado de análise dos indicadores relacionados ao envelhecimento bem-sucedido. O instrumento utilizado na coleta de dados foi o Mini Exame do Estado Mental, a maioria dos autores consideram um ponto de corte de 20 para analfabetos, 25 para um a quatro anos de escolaridade, maior que 25 para cinco a oito anos, 28 para nove a onze anos e 29 ou mais para indivíduos com escolaridade superior a onze anos. A avaliação do estado cognitivo foi feita pelo Mini Exame do Estado Mental, que é um instrumento que tem sido utilizado em ambientes clínicos com o objetivo de rastrear a diminuição cognitiva, é de fácil e rápida aplicação, trazendo avaliações satisfatórias para o acompanhamento funcional do idoso. A análise dos dados foi realizada através da estatística simples descritiva por meio do cálculo da média de percentagem. Os resultados foram os esperados naqueles que tinham mais de 8 anos de estudo, os quais 85,7% atingiram a meta, ao contrário daqueles que possuíam de 4 a 8 anos de estudo, os quais somente 55,5% conseguiu alcançar o esperado. É importante que o idoso seja avaliado de forma holística, interdisciplinar, incluindo instrumentos que permitam o olhar ampliado, incluindo o MEEM. É válido a informação de que o envelhecimento é um processo irreversível, mas pode ser saudável dependendo diretamente do exercício em conjunto de mente e corpo.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.