Artigo Anais SEMLICA

ANAIS de Evento

ISSN: 2317-9333

Visualizações: 224
LEVANTAMENTO QUANTIQUALITATIVA E FITOSSANITÁRIA DO MUFUNBO NO SEMIÁRIDO PARAIBANO

Publicado em 13 de julho de 2013

Resumo

LEVANTAMENTO QUANTIQUALITATIVA E FITOSSANITÁRIA DO MUFUNBO NO SEMIÁRIDO PARAIBANO1 FILHO, JOSÉ SEBASTIÃO DE MELO; 2 SILVA, FRANCISCO EVANDRO DE ANDRADE; 3 DUTRA, MIRTES RAÌSLA FERNANDES; 2 ARAÚJO,JAIR CLERIO DE ; 5 COSTA, FABIANA XAVIER1Mestrando em Sistemas Agroindustriais - UFCG/Campus de Pombal - PB. E-mail: sebastiãouepb@yahoo.com.br; 2Graduado do Curso de Licenciatura Plena em Ciência Agrárias - UEPB/Campus Catolé do Rocha-PB. E-mail: evandrosilva19@hotmail.com; 3Aluna do Curso Técnico Agrícola – UEPB/Campus Catolé do Rocha-PB. E-mail: mirtesdutra123@hotmail.com; 4Graduando do Curso de Licenciatura Plena em Ciência Agrárias - UEPB/Campus de Catolé do Rocha-PB. E-mail: jairclerio@gmail.com; 5Professora e Pesquisadora - CCHA/Dep. de Agrárias e Exatas - UEPB/Campus Catolé do Rocha-PB. E-mail: fabyxavierster@gmail.com.RESUMOCombretum leprosum Mart, conhecido como mufunbo é uma planta encontrada em estados do Nordeste brasileiro, principalmente Piauí e Ceará. É uma espécie nativa de importância relevante não só para o bioma caatinga, mas também para outros biomas brasileiros. Objetivou-se com este trabalho avaliar a quantidade e qualidade das árvores no Campus IV da UEPB em Catolé do Rocha - PB, onde a pesquisa está sendo efetivada e teve início no período de agosto de 2010 e se estenderá até maio de 2013. Baseado em resultados obtidos em campo, constata que a situação das árvores encontrada no setor de Caprinocultura no intuito de diagnosticar problemas fitossanitários, vandalismo, como quantidade de plantas existentes nos momentos da pesquisa foi registrada fotos, utilizamos um mapa do campus para melhor localização dos setores trabalhados. Constatou-se no setor de caprinocultura o levantamento quantitativo com 247 árvores, obtendo vandalismo, corte de galhos, verificou-se nas observações qualitativas no transcorrer do levantamento, folhas amareladas, poucas folhas, folhas secas e plantio em local inadequado e na fitossanidade das plantas observa-se periderme desidratada, deficiência nutricional, cupins e cochonilha, devido à grande seca que afeta de forma comprometedora o sertão paraibano. Apresentam problemas fitossanitários e vandalismo que exige em muitos casos a substituição, é necessária uma avaliação criteriosa do setor onde existem árvores com alguns problemas para realizarmos no segundo momento da pesquisa o processo de rearborização, em especial com mudas de mufumbo.Palavras Chaves: Combretum leprosum Mart, fitossanidade, meio ambiente.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.