Artigo Anais SEMLICA

ANAIS de Evento

ISSN: 2317-9333

Visualizações: 173
CRESCIMENTO VEGETATIVO SUSTENTÁVEL DE MUDAS DE CAJUEIRO EM AMBIENTE PROTEGIDO NO MUNICÍPIO DE CATOLÉ DO ROCHA/PB

Resumo

O cultivo de mudas de cajueiro anão responde bem à adubação orgânica, que traz como vantagens a melhoria das condições físicas, químicas e biológicas do solo. O trabalho de pesquisa foi desenvolvido em condições de campo na “Estação Experimental Agroecológica” da Universidade Estadual da Paraíba-UEPB, Campus IV, Catolé do Rocha/PB, objetivou-se avaliar o crescimento vegetativo sustentável de mudas de cajueiro anão em função da aplicação de diferentes doses de biofertilizantes, volume de substratos e métodos de quebra de dormência em ambiente protegido, cujas coordenadas geográficas 6º20'38" de latitude sul, 37º44'48" de longitude a oeste do meridiano de Greenwich, com 275 metros de altitude. O delineamento experimental adotado foi o de blocos inteiramente casualizados (DIC), com 120 tratamentos, no esquema fatorial 5 x 2 x 2, com 6 repetições. foram estudados o efeitos de 5 dosagens de biofertilizante: (D1= 0 ml/planta/vez, D2 = 2,5 ml/planta/vez , D3 = 5,0 ml/planta/vez, D4 = 7,5 ml/planta/vez e D5 = 10 ml/planta/vez), aplicadas via solo, e de 2 volumes de recipientes (V1 = 1,0 kg, V2 = 2 kg) e de 2 processos de quebra de dormência (Q1= lixa e Q2= água) em castanhas de cajueiro anão antes da semeadura em sacos plásticos. Para os tratamentos quando aplicados a dosagem (D5) 10 mL/planta/vez, Volume do recipiente (V2) e quebra de dormência com água normal (Q2) durante 24 horas, responderam satisfatoriamente ao crescimento da planta em altura, diâmetro caulinar e número de folhas de mudas de plantas de cajueiro anão conduzidas em ambiente protegido.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.