Artigo Anais ABRALIC

ANAIS de Evento

ISSN: 2317-157X

Visualizações: 197
FOME DE LITERATURA COMO UM VALOR

Publicado em 20 de dezembro de 2012

Resumo

Trata-se da abertura de uma série discursiva que politiza o grau zero da escritura articulando-o ao esvaziamento da representação do poder institucional. A metodologia, aqui empregada, envolve a representação do pobre na literatura (SCHWARZ, 1983) e a noção de literatura anfíbia (SANTIAGO, 2004), para se redefinir a força de subalternos implicada na institucionalização da malha cultural no Brasil (GIL, 2003; MEIRELLES, 2007; RUBIM, 2010), com ênfase no segmento literário e suas instituições (bibliotecas, academias, mercados alternativos, entre outros). Espera-se a proliferação de caixas de ferramentas em que tanto o literário, como um operador de cortes e não apenas cultura do etéreo, possa desestabilizar o político e sua vontade de absoluto, bem como, o político, como retorno comunal, possa expressar-se como efetuações estético-literárias.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.