Artigo Anais XII CONAGES

ANAIS de Evento

ISSN: 2177-4781

“AQUELES DOIS” – O AMOR HOMOAFETIVOS NA OBRA DE CAIO FERNANDO ABREU.

Palavra-chaves: LITERATURA CONTEMPORÂNEA, HOMOSSEXUALIDADE, TRANSGRESSÃO, REPRESENTAÇÃO E PRECONCEITO Pôster (PO) Estudos literários, Gênero e Sexualidades Publicado em 08 de junho de 2016

Resumo

O presente trabalho apresenta um estudo da abordagem temática homoafetiva no livro de contos de Caio Fernando Abreu, Morangos Mofados (1995). As discussões deste trabalho giram em torno dos espaços sociais vividos pelos personagens, entremeadas à questão do silenciamento da sexualidade dos sujeitos gays na literatura e na sociedade. Nosso principal objetivo foi o de analisar o discurso e a representação literária dos personagens gays em face das relações sociais e afetivas vivenciadas no conto: “Aqueles dois”. Para tanto, realizamos uma análise literária e social do conto selecionado, discutindo temas como transgressão, violência, preconceito, e sexualidade. Nossa conclusão é a de que a literatura, como representação social, reforça a ideia de que os indivíduos homossexuais estiveram sempre à margem da sociedade, sujeitos à violência e discriminação, considerados transgressores da norma heterossexual vigente e condenados a uma vida de silenciamento e/ou exclusão dos espaços públicos regulamentados

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.