Artigo Anais VII FIPED

ANAIS de Evento

ISSN: 2316-1086

CONTRIBUIÇÕES DA PSICOLOGIA ESCOLAR E EDUCACIONAL NO PROCESSO EDUCATIVO: POSSIBILIDADES E LIMITES DA INTERVENÇÃO

Palavra-chaves: ENSINO-APRENDIZAGEM, INTERVENÇÃO, PSICOLOGIA ESCOLAR Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission Psicologia Escolar/Educacional: Formação, Pesquisa e Práticas Publicado em 11 de novembro de 2015

Resumo

Sabe-se, na atualidade que, a psicologia da educação contribui para a compreensão dos processos de mudança que atravessa o sujeito no percurso das atividades educacionais, englobando o desenvolvimento e a aprendizagem. Tendo em vista que o psicólogo escolar, deve ter consciência de que o conhecimento produzido referente a realidade das instituições de ensino é um conhecimento conjugado, tecido, localizado, historicizado. O estudo em questão foi realizado a partir de práticas com alunos da educação básica, do 1º ao 5º ano, suas docentes, supervisora e diretora de uma escola pública do municio de Montes Claros-MG. O trabalho possibilitou enfatizar as contribuições que a psicologia escolar e educacional proporciona a instituição de ensino e seus membros, bem como, discutir suas possibilidades e limitações. Assim, se pode concluir que o psicólogo deve ater-se para não desvincular o aluno do seu sistema relacional mesmo com os fatores limitadores da educação, visando adequar suas ações a realidade da criança buscando formas que estimulem e motivem os alunos a aprenderem a cada dia, de acordo o seu desenvolvimento cognitivo. Pois, para o psicólogo escolar, se é primordial que compreenda o desenvolvimento cognitivo e intelectual de crianças e adolescentes de maneira individual.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.