Artigo Anais VII FIPED

ANAIS de Evento

ISSN: 2316-1086

A CONCEPÇÃO E O TRABALHO DOS PROFESSORES COM A LITERATURA INFANTIL NA COMUNIDADE DE VILA AMAZÔNIA EM PARINTINS

Palavra-chaves: LEITURA DE MUNDO, LITERATURA INFANTIL, PRÁTICA DO PROFESSOR Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission Didática, Currículo, Avaliação e Práticas Escolares
"2015-11-10 23:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 17439
    "edicao_id" => 40
    "trabalho_id" => 79
    "inscrito_id" => 218
    "titulo" => "A CONCEPÇÃO E O TRABALHO DOS PROFESSORES COM A LITERATURA INFANTIL NA COMUNIDADE DE VILA AMAZÔNIA EM PARINTINS"
    "resumo" => "Este estudo tem como objetivo analisar a compreensão dos professores sobre a literatura infantil e seus trabalhos com esses tipos de texto na Escola Municipal Tsukasa Uyetsuka em Parintins. Pretende-se mostrar a necessidade do conhecimento do professor sobre o assunto, ou seja, o domínio no processo de leitura junto ao conhecimento da Literatura Infantil. Levando em consideração que é preciso que a criança passe por um processo que inicia-se com leituras de imagem, e depois leitura de imagem precedidas de narrativas curtas e que ao longo do percurso vão se ampliando, pois é seguindo esses processos de leitura que o professor estará fazendo de forma apropriada o trabalho com os livros, resultando em uma apoio importante para formação de leitores críticos. O que deve ser ressaltado é que esses procedimentos exigem um trabalho minucioso com a literatura que por muitos é taxada de não literária, estando dificilmente inserida no contexto acadêmico, mas que é de suma importância para iniciação a leitura. Busca-se com tudo abordar a necessidade do mediador da leitura, o “professor”, trabalhar corretamente os livros infantis, levando em consideração que o importante é que o aluno encontre na leitura algo prazeroso, significando uma forma de lazer e não um exercício feito por obrigação. Considerando a leitura um hábito importante para a formação de uma criança, devendo ser incentivado por intermédio principalmente do professor, que tem por obrigação fazer um apropriado trabalho com textos voltados para o público infantil, espera-se contribuir e ressaltar o valor dessa temática. Os tópicos foram divididos em Quatro partes: na primeira parte, abordasse a concepção de leitura de mundo e em seguida a Literatura Infantil, por conseguinte o papel do professor para relacionar essa leitura do texto com o contexto e por último foi recolhido matérias de entrevistas feitas com professores dessa área que serviram para dar o suporte a pesquisa. A abordagem metodológica ocorreu em duas etapas: a primeira com a pesquisa bibliográfica. A segunda foi o momento da pesquisa descritiva sendo de cunho qualitativo, por uso de entrevista semiestruturada aplicada a 07 professores da instituição Tsukasa Uyetsuka."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission"
    "area_tematica" => "Didática, Currículo, Avaliação e Práticas Escolares"
    "palavra_chave" => "LEITURA DE MUNDO, LITERATURA INFANTIL, PRÁTICA DO PROFESSOR"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV050_MD1_SA4_ID218_13102015182456.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:03"
    "updated_at" => "2020-06-10 12:46:45"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "KAREN SERGILENE MARQUES GOMES"
    "autor_nome_curto" => "KAREN GOMES"
    "autor_email" => "karensergilene.mgomes@out"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-vii-fiped"
    "edicao_nome" => "Anais VII FIPED"
    "edicao_evento" => "VII Fórum Internacional de Pedagogia"
    "edicao_ano" => 2015
    "edicao_pasta" => "anais/fiped/2015"
    "edicao_logo" => "5e49ad3cdd9e5_16022020175940.jpg"
    "edicao_capa" => "5f186e1b6894a_22072020134931.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2015-11-10 23:00:00"
    "publicacao_id" => 1
    "publicacao_nome" => "Revista FIPED"
    "publicacao_codigo" => "2316-1086"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 17439
    "edicao_id" => 40
    "trabalho_id" => 79
    "inscrito_id" => 218
    "titulo" => "A CONCEPÇÃO E O TRABALHO DOS PROFESSORES COM A LITERATURA INFANTIL NA COMUNIDADE DE VILA AMAZÔNIA EM PARINTINS"
    "resumo" => "Este estudo tem como objetivo analisar a compreensão dos professores sobre a literatura infantil e seus trabalhos com esses tipos de texto na Escola Municipal Tsukasa Uyetsuka em Parintins. Pretende-se mostrar a necessidade do conhecimento do professor sobre o assunto, ou seja, o domínio no processo de leitura junto ao conhecimento da Literatura Infantil. Levando em consideração que é preciso que a criança passe por um processo que inicia-se com leituras de imagem, e depois leitura de imagem precedidas de narrativas curtas e que ao longo do percurso vão se ampliando, pois é seguindo esses processos de leitura que o professor estará fazendo de forma apropriada o trabalho com os livros, resultando em uma apoio importante para formação de leitores críticos. O que deve ser ressaltado é que esses procedimentos exigem um trabalho minucioso com a literatura que por muitos é taxada de não literária, estando dificilmente inserida no contexto acadêmico, mas que é de suma importância para iniciação a leitura. Busca-se com tudo abordar a necessidade do mediador da leitura, o “professor”, trabalhar corretamente os livros infantis, levando em consideração que o importante é que o aluno encontre na leitura algo prazeroso, significando uma forma de lazer e não um exercício feito por obrigação. Considerando a leitura um hábito importante para a formação de uma criança, devendo ser incentivado por intermédio principalmente do professor, que tem por obrigação fazer um apropriado trabalho com textos voltados para o público infantil, espera-se contribuir e ressaltar o valor dessa temática. Os tópicos foram divididos em Quatro partes: na primeira parte, abordasse a concepção de leitura de mundo e em seguida a Literatura Infantil, por conseguinte o papel do professor para relacionar essa leitura do texto com o contexto e por último foi recolhido matérias de entrevistas feitas com professores dessa área que serviram para dar o suporte a pesquisa. A abordagem metodológica ocorreu em duas etapas: a primeira com a pesquisa bibliográfica. A segunda foi o momento da pesquisa descritiva sendo de cunho qualitativo, por uso de entrevista semiestruturada aplicada a 07 professores da instituição Tsukasa Uyetsuka."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission"
    "area_tematica" => "Didática, Currículo, Avaliação e Práticas Escolares"
    "palavra_chave" => "LEITURA DE MUNDO, LITERATURA INFANTIL, PRÁTICA DO PROFESSOR"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV050_MD1_SA4_ID218_13102015182456.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:03"
    "updated_at" => "2020-06-10 12:46:45"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "KAREN SERGILENE MARQUES GOMES"
    "autor_nome_curto" => "KAREN GOMES"
    "autor_email" => "karensergilene.mgomes@out"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-vii-fiped"
    "edicao_nome" => "Anais VII FIPED"
    "edicao_evento" => "VII Fórum Internacional de Pedagogia"
    "edicao_ano" => 2015
    "edicao_pasta" => "anais/fiped/2015"
    "edicao_logo" => "5e49ad3cdd9e5_16022020175940.jpg"
    "edicao_capa" => "5f186e1b6894a_22072020134931.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2015-11-10 23:00:00"
    "publicacao_id" => 1
    "publicacao_nome" => "Revista FIPED"
    "publicacao_codigo" => "2316-1086"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 10 de novembro de 2015

Resumo

Este estudo tem como objetivo analisar a compreensão dos professores sobre a literatura infantil e seus trabalhos com esses tipos de texto na Escola Municipal Tsukasa Uyetsuka em Parintins. Pretende-se mostrar a necessidade do conhecimento do professor sobre o assunto, ou seja, o domínio no processo de leitura junto ao conhecimento da Literatura Infantil. Levando em consideração que é preciso que a criança passe por um processo que inicia-se com leituras de imagem, e depois leitura de imagem precedidas de narrativas curtas e que ao longo do percurso vão se ampliando, pois é seguindo esses processos de leitura que o professor estará fazendo de forma apropriada o trabalho com os livros, resultando em uma apoio importante para formação de leitores críticos. O que deve ser ressaltado é que esses procedimentos exigem um trabalho minucioso com a literatura que por muitos é taxada de não literária, estando dificilmente inserida no contexto acadêmico, mas que é de suma importância para iniciação a leitura. Busca-se com tudo abordar a necessidade do mediador da leitura, o “professor”, trabalhar corretamente os livros infantis, levando em consideração que o importante é que o aluno encontre na leitura algo prazeroso, significando uma forma de lazer e não um exercício feito por obrigação. Considerando a leitura um hábito importante para a formação de uma criança, devendo ser incentivado por intermédio principalmente do professor, que tem por obrigação fazer um apropriado trabalho com textos voltados para o público infantil, espera-se contribuir e ressaltar o valor dessa temática. Os tópicos foram divididos em Quatro partes: na primeira parte, abordasse a concepção de leitura de mundo e em seguida a Literatura Infantil, por conseguinte o papel do professor para relacionar essa leitura do texto com o contexto e por último foi recolhido matérias de entrevistas feitas com professores dessa área que serviram para dar o suporte a pesquisa. A abordagem metodológica ocorreu em duas etapas: a primeira com a pesquisa bibliográfica. A segunda foi o momento da pesquisa descritiva sendo de cunho qualitativo, por uso de entrevista semiestruturada aplicada a 07 professores da instituição Tsukasa Uyetsuka.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.