Artigo Anais II CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

O ANDROCENTRISMO E AS ALUNAS GRÁVIDAS NO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - CCA/UFPB

Palavra-chaves: GÊNERO, ANDOCENTRISMO, MULHERES Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission Gênero, Sexualidade e Educação
"2015-10-14 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 16332
    "edicao_id" => 38
    "trabalho_id" => 1695
    "inscrito_id" => 7807
    "titulo" => "O ANDROCENTRISMO E AS ALUNAS GRÁVIDAS NO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - CCA/UFPB"
    "resumo" => "O presente trabalho é um recorte de uma monografia e discute as problemáticas vivenciadas pelas mães e grávidas estudantes dos Cursos de Bacharelado e Licenciatura em Ciências Biológicas do Centro de Ciências Agrárias- CCA/UFPB devido aos encargos reprodutivos biológicos e familiares que lhes são atribuídos culturalmente; também aborda as configurações de gênero das práticas acadêmicas a que foram expostas. O público alvo foi composto por 20 mulheres, com idades entre 17 e 35 anos, das quais 14 estiveram grávidas durante algum período do Curso. A pesquisa de cunho qualitativo adotou, para a coleta de dados, técnicas de entrevistas individuais e em grupo. A discussão dos dados foi realizada com base na teoria da dominação masculina de Bourdieu, sobre o conceito de andocentrismo. Os resultados apontaram que as alunas enfrentaram muitas dificuldades, inclusive enquanto estiveram grávidas, e que os seus direitos foram por muitas vezes negligenciados; ficou claro que a maioria delas não conhecia seus direitos, e quando os conheciam , não sabiam como agir e temiam, acabando por aceitar as negligências; e ainda que a maioria delas contou com o apoio de familiares para serem estudantes."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission"
    "area_tematica" => "Gênero, Sexualidade e Educação"
    "palavra_chave" => "GÊNERO, ANDOCENTRISMO, MULHERES"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV045_MD1_SA11_ID7807_08092015011159.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:01"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:15:05"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "DÉBORA MICHELE SALES DE LIMA"
    "autor_nome_curto" => "DÉBORA"
    "autor_email" => "micheleareia@hotmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-ii-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais II CONEDU"
    "edicao_evento" => "II Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2015
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2015"
    "edicao_logo" => "5e4a05cfac134_17022020001735.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1848ba64e27_22072020111002.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2015-10-14 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 16332
    "edicao_id" => 38
    "trabalho_id" => 1695
    "inscrito_id" => 7807
    "titulo" => "O ANDROCENTRISMO E AS ALUNAS GRÁVIDAS NO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - CCA/UFPB"
    "resumo" => "O presente trabalho é um recorte de uma monografia e discute as problemáticas vivenciadas pelas mães e grávidas estudantes dos Cursos de Bacharelado e Licenciatura em Ciências Biológicas do Centro de Ciências Agrárias- CCA/UFPB devido aos encargos reprodutivos biológicos e familiares que lhes são atribuídos culturalmente; também aborda as configurações de gênero das práticas acadêmicas a que foram expostas. O público alvo foi composto por 20 mulheres, com idades entre 17 e 35 anos, das quais 14 estiveram grávidas durante algum período do Curso. A pesquisa de cunho qualitativo adotou, para a coleta de dados, técnicas de entrevistas individuais e em grupo. A discussão dos dados foi realizada com base na teoria da dominação masculina de Bourdieu, sobre o conceito de andocentrismo. Os resultados apontaram que as alunas enfrentaram muitas dificuldades, inclusive enquanto estiveram grávidas, e que os seus direitos foram por muitas vezes negligenciados; ficou claro que a maioria delas não conhecia seus direitos, e quando os conheciam , não sabiam como agir e temiam, acabando por aceitar as negligências; e ainda que a maioria delas contou com o apoio de familiares para serem estudantes."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission"
    "area_tematica" => "Gênero, Sexualidade e Educação"
    "palavra_chave" => "GÊNERO, ANDOCENTRISMO, MULHERES"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV045_MD1_SA11_ID7807_08092015011159.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:01"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:15:05"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "DÉBORA MICHELE SALES DE LIMA"
    "autor_nome_curto" => "DÉBORA"
    "autor_email" => "micheleareia@hotmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-ii-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais II CONEDU"
    "edicao_evento" => "II Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2015
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2015"
    "edicao_logo" => "5e4a05cfac134_17022020001735.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1848ba64e27_22072020111002.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2015-10-14 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 14 de outubro de 2015

Resumo

O presente trabalho é um recorte de uma monografia e discute as problemáticas vivenciadas pelas mães e grávidas estudantes dos Cursos de Bacharelado e Licenciatura em Ciências Biológicas do Centro de Ciências Agrárias- CCA/UFPB devido aos encargos reprodutivos biológicos e familiares que lhes são atribuídos culturalmente; também aborda as configurações de gênero das práticas acadêmicas a que foram expostas. O público alvo foi composto por 20 mulheres, com idades entre 17 e 35 anos, das quais 14 estiveram grávidas durante algum período do Curso. A pesquisa de cunho qualitativo adotou, para a coleta de dados, técnicas de entrevistas individuais e em grupo. A discussão dos dados foi realizada com base na teoria da dominação masculina de Bourdieu, sobre o conceito de andocentrismo. Os resultados apontaram que as alunas enfrentaram muitas dificuldades, inclusive enquanto estiveram grávidas, e que os seus direitos foram por muitas vezes negligenciados; ficou claro que a maioria delas não conhecia seus direitos, e quando os conheciam , não sabiam como agir e temiam, acabando por aceitar as negligências; e ainda que a maioria delas contou com o apoio de familiares para serem estudantes.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.