Artigo Anais II CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

AS MULHERES DE SHAKESPEARE: UMA RELEITURA DO MEDIEVO COM BASE NA LITERATURA E HISTÓRIA

Palavra-chaves: ENSINO, HISTÓRIA, MEDIEVAL Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission História da Educação
"2015-10-14 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 15504
    "edicao_id" => 38
    "trabalho_id" => 1184
    "inscrito_id" => 310
    "titulo" => "AS MULHERES DE SHAKESPEARE: UMA RELEITURA DO MEDIEVO COM BASE NA LITERATURA E HISTÓRIA"
    "resumo" => """
      Neste artigo descrevemos alguns aspectos relativos à nossa experiência de sala de aula, quando desenvolvemos o conteúdo de história medieval utilizando a literatura de Shakespeare como fonte histórica. Estas aulas fizeram parte do Projeto de Iniciação à Docência (PIBID- História) realizado pela Universidade Estadual da Paraíba no campus III – Guarabira- PB, e foi financiado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Neste projeto buscamos aprimorar a formação de conhecimentos entre os licenciados em História e os professores das escolas da rede pública estadual da Paraíba. \r\n
      Com um olhar investigativo propusemos uma composição de aulas em forma de sequência didática nos 1º anos do ensino médio da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio José Soares de Carvalho, na cidade de Guarabira, Paraíba, na qual os alunos poderiam ser coparticipantes do processo de produção de conhecimentos. \r\n
       De acordo com a historiadora Circe Bittencourt o ensino de História ganha sentido se o professor conseguir construir relações com algum aspecto ou experiência de vida dos alunos, encontrando, assim, algum significado para a aprendizagem do conteúdo que será estudado. Seguindo essa ideia, essa autora acredita que os métodos mnemônicos não são suficientes para a fundamentação de uma aprendizagem significativa que proporcione um sentido da realidade vivida para os discentes.
      """
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission"
    "area_tematica" => "História da Educação"
    "palavra_chave" => "ENSINO, HISTÓRIA, MEDIEVAL"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV045_MD1_SA1_ID310_01092015161053.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:00"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:15:03"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "EMANUELLA BEZERRA DE OLIVEIRA"
    "autor_nome_curto" => "EMANUELLA"
    "autor_email" => "manu101982@hotmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-ii-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais II CONEDU"
    "edicao_evento" => "II Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2015
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2015"
    "edicao_logo" => "5e4a05cfac134_17022020001735.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1848ba64e27_22072020111002.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2015-10-14 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 15504
    "edicao_id" => 38
    "trabalho_id" => 1184
    "inscrito_id" => 310
    "titulo" => "AS MULHERES DE SHAKESPEARE: UMA RELEITURA DO MEDIEVO COM BASE NA LITERATURA E HISTÓRIA"
    "resumo" => """
      Neste artigo descrevemos alguns aspectos relativos à nossa experiência de sala de aula, quando desenvolvemos o conteúdo de história medieval utilizando a literatura de Shakespeare como fonte histórica. Estas aulas fizeram parte do Projeto de Iniciação à Docência (PIBID- História) realizado pela Universidade Estadual da Paraíba no campus III – Guarabira- PB, e foi financiado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Neste projeto buscamos aprimorar a formação de conhecimentos entre os licenciados em História e os professores das escolas da rede pública estadual da Paraíba. \r\n
      Com um olhar investigativo propusemos uma composição de aulas em forma de sequência didática nos 1º anos do ensino médio da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio José Soares de Carvalho, na cidade de Guarabira, Paraíba, na qual os alunos poderiam ser coparticipantes do processo de produção de conhecimentos. \r\n
       De acordo com a historiadora Circe Bittencourt o ensino de História ganha sentido se o professor conseguir construir relações com algum aspecto ou experiência de vida dos alunos, encontrando, assim, algum significado para a aprendizagem do conteúdo que será estudado. Seguindo essa ideia, essa autora acredita que os métodos mnemônicos não são suficientes para a fundamentação de uma aprendizagem significativa que proporcione um sentido da realidade vivida para os discentes.
      """
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission"
    "area_tematica" => "História da Educação"
    "palavra_chave" => "ENSINO, HISTÓRIA, MEDIEVAL"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV045_MD1_SA1_ID310_01092015161053.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:00"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:15:03"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "EMANUELLA BEZERRA DE OLIVEIRA"
    "autor_nome_curto" => "EMANUELLA"
    "autor_email" => "manu101982@hotmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-ii-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais II CONEDU"
    "edicao_evento" => "II Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2015
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2015"
    "edicao_logo" => "5e4a05cfac134_17022020001735.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1848ba64e27_22072020111002.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2015-10-14 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 14 de outubro de 2015

Resumo

Neste artigo descrevemos alguns aspectos relativos à nossa experiência de sala de aula, quando desenvolvemos o conteúdo de história medieval utilizando a literatura de Shakespeare como fonte histórica. Estas aulas fizeram parte do Projeto de Iniciação à Docência (PIBID- História) realizado pela Universidade Estadual da Paraíba no campus III – Guarabira- PB, e foi financiado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Neste projeto buscamos aprimorar a formação de conhecimentos entre os licenciados em História e os professores das escolas da rede pública estadual da Paraíba. Com um olhar investigativo propusemos uma composição de aulas em forma de sequência didática nos 1º anos do ensino médio da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio José Soares de Carvalho, na cidade de Guarabira, Paraíba, na qual os alunos poderiam ser coparticipantes do processo de produção de conhecimentos. De acordo com a historiadora Circe Bittencourt o ensino de História ganha sentido se o professor conseguir construir relações com algum aspecto ou experiência de vida dos alunos, encontrando, assim, algum significado para a aprendizagem do conteúdo que será estudado. Seguindo essa ideia, essa autora acredita que os métodos mnemônicos não são suficientes para a fundamentação de uma aprendizagem significativa que proporcione um sentido da realidade vivida para os discentes.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.