Artigo Anais VII EPBEM

ANAIS de Evento

ISSN: 2317-0042

O USO DO MATERIAL DOURADO COMO FERRAMENTA PARA ENTENDER O SISTEMA DECIMAL-POSICIONAL

Palavra-chaves: APRENDIZAGEM, JOGOS MATEMÁTICOS, EDUCAÇÃO MATEMÁTICA Pôster (PO) 10 - Educação Matemática nos Anos Finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio (EMAIEFEM)
"2012-11-23 23:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 1336
    "edicao_id" => 4
    "trabalho_id" => 63
    "inscrito_id" => 641
    "titulo" => "O USO DO MATERIAL DOURADO COMO FERRAMENTA PARA ENTENDER O SISTEMA DECIMAL-POSICIONAL"
    "resumo" => "O USO DO MATERIAL DOURADO COMO FERRAMENTA PARA COMPREENDER O SISTEMA DE NUMERAÇÃO DECIMAL-POSICIONAL.Educação Matemática nos Anos Finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio (EMAIEFEM) – GT 10Rosane de França CARNEIRO Grupo Escolar Municipal Joaquim do Rêgo Cavalcanti, Ipojuca, PE.rosanefranca75@hotmail.comRESUMOVisando fazer uma ponte entre o abstrato e o concreto na matemática, alguns estudiosos como a médica e educadora italiana Maria Montessori procuraram desenvolver materiais manipulativos para auxiliar no processo de ensino-aprendizagem da matemática. Após experiências com crianças excepcionais, desenvolveu, no início deste século, vários destes materiais, com forte apelo a "percepção visual e tátil", que posteriormente foram estendidos para o ensino de classes normais.  Segundo Freitas  (2004), “com o Material Dourado a situação é outra: as relações numéricas abstratas passam a ter uma imagem concreta, facilitando a compreensão. Obtém-se, então, além da compreensão dos algoritmos, um notável desenvolvimento do raciocínio e um aprendizado bem mais agradável”. A escolha desse material concreto nos remeteu a possibilidade de observar e registrar o desenvolvimento do raciocínio lógico do aluno.  Considerando que nada deva ser dado à criança, aluno, no campo da matemática, sem primeiro apresentar a esta uma situação concreta que a leve a agir, a pensar, a experimentar, a descobrir, e daí, a mergulhar na abstração como prega Azevedo (1979). Ainda quanto ao nosso referencial, vimos que os Parâmetros Curriculares Nacionais - PCN de Matemática (Brasil, 1997), compreendem a importância do uso de recursos didáticos recomendado, de modo a possibilitar e promover uma melhor aprendizagem no processo cognitivo, como no desenvolvimento do pensamento. Portanto, tendo como objetivo do nosso estudo, levar os estudantes a compreender de maneira concreta o sistema de numeração decimal-posicional a partir da manipulação do Material Dourado para que, de pose dessa compreensão, eles possam realizar as operações fundamentais com o algoritmo imbuídos de mais significados. Para desenvolver nossa atividade com material, o projeto foi a priori, vivenciado com a turma do 7º ano C do Grupo Escolar Municipal Joaquim do Rêgo Cavalcanti, Ipojuca, PE. A escolha dessa turma se justifica porque, diagnosticamos que boa parte dos alunos apresenta dificuldades com o entendimento das operações fundamentais. No entanto, pensamos em articular um novo modo de poder interagir na aprendizagem, começando com a manipulação do material dourado. Abordando previamente uma visão do material completo, expondo as funções das peças a serem utilizadas durante as aulas que iríamos apresentar posteriormente. Nos encontros seguintes, já de posse do conhecimento do material, os alunos puderam apropriar-se e aprimorar seus conhecimentos relacionando-os ao sistema decimal e sobre as operações fundamentais. A cada aula era solicitado o registro da aprendizagem, o que mais lhes foram fundamentais e quais das operações foram mais aplicadas para resolução dos problemas propostos. Considerando que estamos ensaiando para uma melhora da turma, já pode ser percebido, um aumento significativo na relação entre o concreto e o abstrato por parte dos alunos na produção do conhecimento e das relações operatórias, uma vez que resultou numa maior compreensão do sistema decimal-posicional. Palavras - chaves: Aprendizagem, Jogos Matemáticos, Educação Matemática"
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "10 - Educação Matemática nos Anos Finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio (EMAIEFEM)"
    "palavra_chave" => "APRENDIZAGEM, JOGOS MATEMÁTICOS, EDUCAÇÃO MATEMÁTICA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Poster_641.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:47"
    "updated_at" => "2020-06-10 20:58:53"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ROSANE DE FRANÇA CARNEIRO"
    "autor_nome_curto" => "ROSANE CARNEIRO"
    "autor_email" => "rosanefranca75@hotmail.co"
    "autor_ies" => "FACULDADE OSMAN DA COSTA LINS-FACOL"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-vii-epbem"
    "edicao_nome" => "Anais VII EPBEM"
    "edicao_evento" => "VII Encontro Paraibano de Educação Matemática"
    "edicao_ano" => 2012
    "edicao_pasta" => "anais/epbem/2012"
    "edicao_logo" => "5e49c09ba9bc2_16022020192219.png"
    "edicao_capa" => "5e49c06663c32_16022020192126.png"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2012-11-23 23:00:00"
    "publicacao_id" => 4
    "publicacao_nome" => "Anais do Encontro Paraibano de Educação Matemática"
    "publicacao_codigo" => "2317-0042"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 1336
    "edicao_id" => 4
    "trabalho_id" => 63
    "inscrito_id" => 641
    "titulo" => "O USO DO MATERIAL DOURADO COMO FERRAMENTA PARA ENTENDER O SISTEMA DECIMAL-POSICIONAL"
    "resumo" => "O USO DO MATERIAL DOURADO COMO FERRAMENTA PARA COMPREENDER O SISTEMA DE NUMERAÇÃO DECIMAL-POSICIONAL.Educação Matemática nos Anos Finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio (EMAIEFEM) – GT 10Rosane de França CARNEIRO Grupo Escolar Municipal Joaquim do Rêgo Cavalcanti, Ipojuca, PE.rosanefranca75@hotmail.comRESUMOVisando fazer uma ponte entre o abstrato e o concreto na matemática, alguns estudiosos como a médica e educadora italiana Maria Montessori procuraram desenvolver materiais manipulativos para auxiliar no processo de ensino-aprendizagem da matemática. Após experiências com crianças excepcionais, desenvolveu, no início deste século, vários destes materiais, com forte apelo a "percepção visual e tátil", que posteriormente foram estendidos para o ensino de classes normais.  Segundo Freitas  (2004), “com o Material Dourado a situação é outra: as relações numéricas abstratas passam a ter uma imagem concreta, facilitando a compreensão. Obtém-se, então, além da compreensão dos algoritmos, um notável desenvolvimento do raciocínio e um aprendizado bem mais agradável”. A escolha desse material concreto nos remeteu a possibilidade de observar e registrar o desenvolvimento do raciocínio lógico do aluno.  Considerando que nada deva ser dado à criança, aluno, no campo da matemática, sem primeiro apresentar a esta uma situação concreta que a leve a agir, a pensar, a experimentar, a descobrir, e daí, a mergulhar na abstração como prega Azevedo (1979). Ainda quanto ao nosso referencial, vimos que os Parâmetros Curriculares Nacionais - PCN de Matemática (Brasil, 1997), compreendem a importância do uso de recursos didáticos recomendado, de modo a possibilitar e promover uma melhor aprendizagem no processo cognitivo, como no desenvolvimento do pensamento. Portanto, tendo como objetivo do nosso estudo, levar os estudantes a compreender de maneira concreta o sistema de numeração decimal-posicional a partir da manipulação do Material Dourado para que, de pose dessa compreensão, eles possam realizar as operações fundamentais com o algoritmo imbuídos de mais significados. Para desenvolver nossa atividade com material, o projeto foi a priori, vivenciado com a turma do 7º ano C do Grupo Escolar Municipal Joaquim do Rêgo Cavalcanti, Ipojuca, PE. A escolha dessa turma se justifica porque, diagnosticamos que boa parte dos alunos apresenta dificuldades com o entendimento das operações fundamentais. No entanto, pensamos em articular um novo modo de poder interagir na aprendizagem, começando com a manipulação do material dourado. Abordando previamente uma visão do material completo, expondo as funções das peças a serem utilizadas durante as aulas que iríamos apresentar posteriormente. Nos encontros seguintes, já de posse do conhecimento do material, os alunos puderam apropriar-se e aprimorar seus conhecimentos relacionando-os ao sistema decimal e sobre as operações fundamentais. A cada aula era solicitado o registro da aprendizagem, o que mais lhes foram fundamentais e quais das operações foram mais aplicadas para resolução dos problemas propostos. Considerando que estamos ensaiando para uma melhora da turma, já pode ser percebido, um aumento significativo na relação entre o concreto e o abstrato por parte dos alunos na produção do conhecimento e das relações operatórias, uma vez que resultou numa maior compreensão do sistema decimal-posicional. Palavras - chaves: Aprendizagem, Jogos Matemáticos, Educação Matemática"
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "10 - Educação Matemática nos Anos Finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio (EMAIEFEM)"
    "palavra_chave" => "APRENDIZAGEM, JOGOS MATEMÁTICOS, EDUCAÇÃO MATEMÁTICA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Poster_641.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:47"
    "updated_at" => "2020-06-10 20:58:53"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ROSANE DE FRANÇA CARNEIRO"
    "autor_nome_curto" => "ROSANE CARNEIRO"
    "autor_email" => "rosanefranca75@hotmail.co"
    "autor_ies" => "FACULDADE OSMAN DA COSTA LINS-FACOL"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-vii-epbem"
    "edicao_nome" => "Anais VII EPBEM"
    "edicao_evento" => "VII Encontro Paraibano de Educação Matemática"
    "edicao_ano" => 2012
    "edicao_pasta" => "anais/epbem/2012"
    "edicao_logo" => "5e49c09ba9bc2_16022020192219.png"
    "edicao_capa" => "5e49c06663c32_16022020192126.png"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2012-11-23 23:00:00"
    "publicacao_id" => 4
    "publicacao_nome" => "Anais do Encontro Paraibano de Educação Matemática"
    "publicacao_codigo" => "2317-0042"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 23 de novembro de 2012

Resumo

O USO DO MATERIAL DOURADO COMO FERRAMENTA PARA COMPREENDER O SISTEMA DE NUMERAÇÃO DECIMAL-POSICIONAL.Educação Matemática nos Anos Finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio (EMAIEFEM) – GT 10Rosane de França CARNEIRO Grupo Escolar Municipal Joaquim do Rêgo Cavalcanti, Ipojuca, PE.rosanefranca75@hotmail.comRESUMOVisando fazer uma ponte entre o abstrato e o concreto na matemática, alguns estudiosos como a médica e educadora italiana Maria Montessori procuraram desenvolver materiais manipulativos para auxiliar no processo de ensino-aprendizagem da matemática. Após experiências com crianças excepcionais, desenvolveu, no início deste século, vários destes materiais, com forte apelo a "percepção visual e tátil", que posteriormente foram estendidos para o ensino de classes normais. Segundo Freitas (2004), “com o Material Dourado a situação é outra: as relações numéricas abstratas passam a ter uma imagem concreta, facilitando a compreensão. Obtém-se, então, além da compreensão dos algoritmos, um notável desenvolvimento do raciocínio e um aprendizado bem mais agradável”. A escolha desse material concreto nos remeteu a possibilidade de observar e registrar o desenvolvimento do raciocínio lógico do aluno. Considerando que nada deva ser dado à criança, aluno, no campo da matemática, sem primeiro apresentar a esta uma situação concreta que a leve a agir, a pensar, a experimentar, a descobrir, e daí, a mergulhar na abstração como prega Azevedo (1979). Ainda quanto ao nosso referencial, vimos que os Parâmetros Curriculares Nacionais - PCN de Matemática (Brasil, 1997), compreendem a importância do uso de recursos didáticos recomendado, de modo a possibilitar e promover uma melhor aprendizagem no processo cognitivo, como no desenvolvimento do pensamento. Portanto, tendo como objetivo do nosso estudo, levar os estudantes a compreender de maneira concreta o sistema de numeração decimal-posicional a partir da manipulação do Material Dourado para que, de pose dessa compreensão, eles possam realizar as operações fundamentais com o algoritmo imbuídos de mais significados. Para desenvolver nossa atividade com material, o projeto foi a priori, vivenciado com a turma do 7º ano C do Grupo Escolar Municipal Joaquim do Rêgo Cavalcanti, Ipojuca, PE. A escolha dessa turma se justifica porque, diagnosticamos que boa parte dos alunos apresenta dificuldades com o entendimento das operações fundamentais. No entanto, pensamos em articular um novo modo de poder interagir na aprendizagem, começando com a manipulação do material dourado. Abordando previamente uma visão do material completo, expondo as funções das peças a serem utilizadas durante as aulas que iríamos apresentar posteriormente. Nos encontros seguintes, já de posse do conhecimento do material, os alunos puderam apropriar-se e aprimorar seus conhecimentos relacionando-os ao sistema decimal e sobre as operações fundamentais. A cada aula era solicitado o registro da aprendizagem, o que mais lhes foram fundamentais e quais das operações foram mais aplicadas para resolução dos problemas propostos. Considerando que estamos ensaiando para uma melhora da turma, já pode ser percebido, um aumento significativo na relação entre o concreto e o abstrato por parte dos alunos na produção do conhecimento e das relações operatórias, uma vez que resultou numa maior compreensão do sistema decimal-posicional. Palavras - chaves: Aprendizagem, Jogos Matemáticos, Educação Matemática

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.