Artigo Anais VII EPBEM

ANAIS de Evento

ISSN: 2317-0042

ALUNOS DO 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL REALIZANDO ATIVIDADES DE INTERPRETAÇÃO DE GRÁFICOS DE BARRAS E LINHAS

Palavra-chaves: INTERPRETAÇÃO, GRÁFICO, ALUNOS Pôster (PO) 03 - Educação Estatística (EE)
"2012-11-23 23:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 1292
    "edicao_id" => 4
    "trabalho_id" => 201
    "inscrito_id" => 684
    "titulo" => "ALUNOS DO 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL REALIZANDO ATIVIDADES DE INTERPRETAÇÃO DE GRÁFICOS DE BARRAS E LINHAS"
    "resumo" => "A utilização de dados estatísticos vem sendo cada vez mais frequente na sociedade atual. É possível observar que diversas informações são apresentadas por meio das representações gráficas, para que as pessoas possam compreendê-las, e a partir disso, ter uma atitude crítica diante dos dados. De acordo com Ponte, Brocardo e Oliveira (2009), a Estatística exerce um papel essencial na educação para a cidadania. É considerada uma importante ferramenta para a realização de projetos e investigações em diversos campos, sendo usada no planejamento, na coleta e análise de dados, e nas realizações de inferências para se tomar decisões, com o intuito de apoiar afirmações em diversas áreas. Conforme os PCN (Brasil, 1997), a estatística tem por finalidade fazer com que o aluno venha a construir procedimentos para coletar, organizar, comunicar e interpretar dados, utilizando tabelas, gráficos e representações que aparecem frequentemente em seu dia-a-dia. Nesse contexto, o presente estudo teve como objetivo analisar o desempenho dos alunos ao realizarem atividades de interpretação de gráficos. Participaram dessa pesquisa 18 alunos do 5º ano do Ensino Fundamental de uma escola municipal. Foi aplicado um teste contendo 8 questões, sendo 4 de gráficos de barras e 4 de linhas, podendo ser simples ou duplas. Para cada gráfico do teste estava relacionada três perguntas organizada de acordo com o tipo de situação: localizar frequência/categoria; localizar Ponto Máximo e compor união de dois valores. Os resultados apontam que o percentual de acertos geral dos alunos pesquisados foi de 43,75%. O melhor desempenho desses alunos foi obtido na 3ª questão, com 64,66% de acertos. O gráfico dessa questão apresentava barras simples com escala não unitária. O pior desempenho foi obtido na 6ª questão, com 16,33% de acertos. Apresentava um gráfico de linhas duplas com escala unitária. Verificamos também que o melhor desempenho dos alunos foi apresentado nos gráficos de barras do que nos gráficos de linhas. O percentual de acertos dos alunos nos gráficos de barras e linha foram de 51,42% e 36,08% respectivamente. Ao analisarmos os resultados dos alunos em relação aos três tipos de perguntas presente no teste, é possível verificar que a pergunta que solicitava localizar frequência/categoria, foi o tipo de pergunta em que os estudantes tiveram mais facilidade de responder. O percentual de acerto da pergunta “localizar frequência/categoria” foi de 57,37%. Com relação à pergunta “Ponto Máximo” o percentual de acerto foi de 53,12%, e o da pergunta “compor união de dois valores” foi de 43,62%. Observa-se que “compor união de dois valores” foi o tipo de pergunta com menor índice de acertos. Acreditamos que essa dificuldade apresentada pelos alunos nesse tipo de pergunta pode estar associada à necessidade deles em localizar os valores no gráfico e fazer a soma dos mesmos, uma vez que observamos que vários alunos apenas representaram os valores solicitados, mas não somava os mesmos. Diante dos resultados apresentados, salientamos a necessidade de avançar com pesquisas que busquem investigar o desempenho dos alunos aos realizarem atividades de interpretação de gráficos, tendo em vista que o tema vem assumindo um importante papel social."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "03 - Educação Estatística (EE)"
    "palavra_chave" => "INTERPRETAÇÃO, GRÁFICO, ALUNOS"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Poster_684.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:47"
    "updated_at" => "2020-06-10 20:58:52"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "MARIA BETANIA EVANGELISTA DA SILVA"
    "autor_nome_curto" => "BETANIA"
    "autor_email" => "mbevangelista@hotmail.com"
    "autor_ies" => ""
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-vii-epbem"
    "edicao_nome" => "Anais VII EPBEM"
    "edicao_evento" => "VII Encontro Paraibano de Educação Matemática"
    "edicao_ano" => 2012
    "edicao_pasta" => "anais/epbem/2012"
    "edicao_logo" => "5e49c09ba9bc2_16022020192219.png"
    "edicao_capa" => "5e49c06663c32_16022020192126.png"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2012-11-23 23:00:00"
    "publicacao_id" => 4
    "publicacao_nome" => "Anais do Encontro Paraibano de Educação Matemática"
    "publicacao_codigo" => "2317-0042"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 1292
    "edicao_id" => 4
    "trabalho_id" => 201
    "inscrito_id" => 684
    "titulo" => "ALUNOS DO 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL REALIZANDO ATIVIDADES DE INTERPRETAÇÃO DE GRÁFICOS DE BARRAS E LINHAS"
    "resumo" => "A utilização de dados estatísticos vem sendo cada vez mais frequente na sociedade atual. É possível observar que diversas informações são apresentadas por meio das representações gráficas, para que as pessoas possam compreendê-las, e a partir disso, ter uma atitude crítica diante dos dados. De acordo com Ponte, Brocardo e Oliveira (2009), a Estatística exerce um papel essencial na educação para a cidadania. É considerada uma importante ferramenta para a realização de projetos e investigações em diversos campos, sendo usada no planejamento, na coleta e análise de dados, e nas realizações de inferências para se tomar decisões, com o intuito de apoiar afirmações em diversas áreas. Conforme os PCN (Brasil, 1997), a estatística tem por finalidade fazer com que o aluno venha a construir procedimentos para coletar, organizar, comunicar e interpretar dados, utilizando tabelas, gráficos e representações que aparecem frequentemente em seu dia-a-dia. Nesse contexto, o presente estudo teve como objetivo analisar o desempenho dos alunos ao realizarem atividades de interpretação de gráficos. Participaram dessa pesquisa 18 alunos do 5º ano do Ensino Fundamental de uma escola municipal. Foi aplicado um teste contendo 8 questões, sendo 4 de gráficos de barras e 4 de linhas, podendo ser simples ou duplas. Para cada gráfico do teste estava relacionada três perguntas organizada de acordo com o tipo de situação: localizar frequência/categoria; localizar Ponto Máximo e compor união de dois valores. Os resultados apontam que o percentual de acertos geral dos alunos pesquisados foi de 43,75%. O melhor desempenho desses alunos foi obtido na 3ª questão, com 64,66% de acertos. O gráfico dessa questão apresentava barras simples com escala não unitária. O pior desempenho foi obtido na 6ª questão, com 16,33% de acertos. Apresentava um gráfico de linhas duplas com escala unitária. Verificamos também que o melhor desempenho dos alunos foi apresentado nos gráficos de barras do que nos gráficos de linhas. O percentual de acertos dos alunos nos gráficos de barras e linha foram de 51,42% e 36,08% respectivamente. Ao analisarmos os resultados dos alunos em relação aos três tipos de perguntas presente no teste, é possível verificar que a pergunta que solicitava localizar frequência/categoria, foi o tipo de pergunta em que os estudantes tiveram mais facilidade de responder. O percentual de acerto da pergunta “localizar frequência/categoria” foi de 57,37%. Com relação à pergunta “Ponto Máximo” o percentual de acerto foi de 53,12%, e o da pergunta “compor união de dois valores” foi de 43,62%. Observa-se que “compor união de dois valores” foi o tipo de pergunta com menor índice de acertos. Acreditamos que essa dificuldade apresentada pelos alunos nesse tipo de pergunta pode estar associada à necessidade deles em localizar os valores no gráfico e fazer a soma dos mesmos, uma vez que observamos que vários alunos apenas representaram os valores solicitados, mas não somava os mesmos. Diante dos resultados apresentados, salientamos a necessidade de avançar com pesquisas que busquem investigar o desempenho dos alunos aos realizarem atividades de interpretação de gráficos, tendo em vista que o tema vem assumindo um importante papel social."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "03 - Educação Estatística (EE)"
    "palavra_chave" => "INTERPRETAÇÃO, GRÁFICO, ALUNOS"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Poster_684.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:47"
    "updated_at" => "2020-06-10 20:58:52"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "MARIA BETANIA EVANGELISTA DA SILVA"
    "autor_nome_curto" => "BETANIA"
    "autor_email" => "mbevangelista@hotmail.com"
    "autor_ies" => ""
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-vii-epbem"
    "edicao_nome" => "Anais VII EPBEM"
    "edicao_evento" => "VII Encontro Paraibano de Educação Matemática"
    "edicao_ano" => 2012
    "edicao_pasta" => "anais/epbem/2012"
    "edicao_logo" => "5e49c09ba9bc2_16022020192219.png"
    "edicao_capa" => "5e49c06663c32_16022020192126.png"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2012-11-23 23:00:00"
    "publicacao_id" => 4
    "publicacao_nome" => "Anais do Encontro Paraibano de Educação Matemática"
    "publicacao_codigo" => "2317-0042"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 23 de novembro de 2012

Resumo

A utilização de dados estatísticos vem sendo cada vez mais frequente na sociedade atual. É possível observar que diversas informações são apresentadas por meio das representações gráficas, para que as pessoas possam compreendê-las, e a partir disso, ter uma atitude crítica diante dos dados. De acordo com Ponte, Brocardo e Oliveira (2009), a Estatística exerce um papel essencial na educação para a cidadania. É considerada uma importante ferramenta para a realização de projetos e investigações em diversos campos, sendo usada no planejamento, na coleta e análise de dados, e nas realizações de inferências para se tomar decisões, com o intuito de apoiar afirmações em diversas áreas. Conforme os PCN (Brasil, 1997), a estatística tem por finalidade fazer com que o aluno venha a construir procedimentos para coletar, organizar, comunicar e interpretar dados, utilizando tabelas, gráficos e representações que aparecem frequentemente em seu dia-a-dia. Nesse contexto, o presente estudo teve como objetivo analisar o desempenho dos alunos ao realizarem atividades de interpretação de gráficos. Participaram dessa pesquisa 18 alunos do 5º ano do Ensino Fundamental de uma escola municipal. Foi aplicado um teste contendo 8 questões, sendo 4 de gráficos de barras e 4 de linhas, podendo ser simples ou duplas. Para cada gráfico do teste estava relacionada três perguntas organizada de acordo com o tipo de situação: localizar frequência/categoria; localizar Ponto Máximo e compor união de dois valores. Os resultados apontam que o percentual de acertos geral dos alunos pesquisados foi de 43,75%. O melhor desempenho desses alunos foi obtido na 3ª questão, com 64,66% de acertos. O gráfico dessa questão apresentava barras simples com escala não unitária. O pior desempenho foi obtido na 6ª questão, com 16,33% de acertos. Apresentava um gráfico de linhas duplas com escala unitária. Verificamos também que o melhor desempenho dos alunos foi apresentado nos gráficos de barras do que nos gráficos de linhas. O percentual de acertos dos alunos nos gráficos de barras e linha foram de 51,42% e 36,08% respectivamente. Ao analisarmos os resultados dos alunos em relação aos três tipos de perguntas presente no teste, é possível verificar que a pergunta que solicitava localizar frequência/categoria, foi o tipo de pergunta em que os estudantes tiveram mais facilidade de responder. O percentual de acerto da pergunta “localizar frequência/categoria” foi de 57,37%. Com relação à pergunta “Ponto Máximo” o percentual de acerto foi de 53,12%, e o da pergunta “compor união de dois valores” foi de 43,62%. Observa-se que “compor união de dois valores” foi o tipo de pergunta com menor índice de acertos. Acreditamos que essa dificuldade apresentada pelos alunos nesse tipo de pergunta pode estar associada à necessidade deles em localizar os valores no gráfico e fazer a soma dos mesmos, uma vez que observamos que vários alunos apenas representaram os valores solicitados, mas não somava os mesmos. Diante dos resultados apresentados, salientamos a necessidade de avançar com pesquisas que busquem investigar o desempenho dos alunos aos realizarem atividades de interpretação de gráficos, tendo em vista que o tema vem assumindo um importante papel social.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.