Artigo Anais VII EPBEM

ANAIS de Evento

ISSN: 2317-0042

REFLETINDO A ESCOLA POR DENTRO. EXPERIÊNCIAS NO 3º PERÍODO DO CURSO LICENCIATURA EM MATEMÁTICA DA FACIG-PE.

Palavra-chaves: COMPONENTE CURRICULAR, LICENCIATURA EM MATEMÁTICA, EXPERIÊNCIAS DIDÁTICAS. Pôster (PO) 08 - Formação de Professores e Educação Matemática (FPM)
"2012-11-24 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1637
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 1203
    "edicao_id" => 4
    "trabalho_id" => 224
    "inscrito_id" => 783
    "titulo" => "REFLETINDO A ESCOLA POR DENTRO. EXPERIÊNCIAS NO 3º PERÍODO DO CURSO LICENCIATURA EM MATEMÁTICA DA FACIG-PE."
    "resumo" => "Este Pôster descreve uma experiência em andamento com o componente curricular Estrutura e Funcionamento da Educação Básica no 3º período do curso de Licenciatura em Matemática e tem como objetivo elencar algumas atividades realizadas com alunos regularmente matriculados no curso. Durante o 1º semestre de 2012, especificamente nos meses de fevereiro a abril, o componente curricular FFSE se propôs na sua ementa, refletir acerca dos conceitos de Sistema, Sistema Escolar e Educação Básica. Dentro dos itens propostos, discutimos sobre o conceito de educação, os níveis e modalidades de ensino, os objetivos e as finalidades a que se propõe historicamente a educação, a educação e a ideologia, a legislação brasileira, o planejamento e os seus propósitos históricos. No planejamento da disciplina, destacamos a metodologia adotada: a necessidade de visitar uma escola pública estadual e aplicar nas turmas dessa escola, algumas atividades do conteúdo do curso de Matemática especificamente, e apresentação de um filme que tenha relação com a realidade e o cotidiano da escola por dentro. Fez-se necessária a leitura de textos em sala de aula, trazendo à tona a educação, discutindo os retrocessos e|ou avanços; e apresentação de um filme que discute a escola abordando seus aspectos gerais; em seguida houve uma discussão e elaboração de um relatório na visão de cada aluno. Em momentos posteriores, fizemos visitas à Escola Professora Zulmira de Paula Almeida, em Jardim Paulista Baixo, Paulista-PE, para conhecer a estrutura da escola, os alunos, os professores, e os gestores. Na primeira visita, realizamos uma “Roda de Debate”, onde conversamos com a Educadora de Apoio e com os professores de Matemática sobre questões de interesse dos alunos. Na segunda visita os alunos, distribuídos em grupos, ministraram uma aula de Matemática em turmas variadas. Para os alunos do curso de licenciatura em Matemática, essas atividades realizadas na sala de aula foram significativas, especificamente as visitas à escola. Alguns depoimentos foram dados e dos quais destacamos: ”a visita reforçou a vontade de ensinar, de ser professor de Matemática”; “houve uma relação de ensino e aprendizagem entre professor, aluno e estudante de Matemática”; “a visita foi importante para a nossa formação porque foram vivenciadas situações do cotidiano da escola pública e devemos lutar contra as adversidades”; “foi um prazer visitar a escola e obter informações sobre a mesma, ser professor não é para qualquer um e sim para quem ama o que faz”. Os professores da escola ao conversar e avaliar as atividades realizadas foram unânimes em afirmar que: “os alunos do curso de Matemática da FACIG foram muito bem nas suas tarefas, pois, trouxeram material prático para a aula e isso despertou o interesse das turmas da escola visitada”, que solicitaram aos alunos de Licenciatura em Matemática da FACIG, a continuidade das aulas e novas visitas. Isso nos faz acreditar que ensinar Matemática sem apresentá-la como bicho de sete cabeças é possível. As atividades realizadas a que se propõe a disciplina Estrutura e Funcionamento da Educação Básica parte do conhecimento da legislação que rege uma escola, leva os alunos a repensar sobre como ensinar melhor a Matemática, a repensar a formação do professor, a conhecer a realidade da escola e intervir nessa realidade da forma que Freire (1987) propõe: ”ação-reflexão-ação."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "08 - Formação de Professores e Educação Matemática (FPM)"
    "palavra_chave" => "COMPONENTE CURRICULAR, LICENCIATURA EM MATEMÁTICA, EXPERIÊNCIAS DIDÁTICAS."
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Poster_783.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:47"
    "updated_at" => "2020-06-10 20:58:53"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ELISABETH FRANCISCA DE MELO FILHA"
    "autor_nome_curto" => "BETH FILHA"
    "autor_email" => "beth_filha@ig.com.br"
    "autor_ies" => "UFPB"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-vii-epbem"
    "edicao_nome" => "Anais VII EPBEM"
    "edicao_evento" => "VII Encontro Paraibano de Educação Matemática"
    "edicao_ano" => 2012
    "edicao_pasta" => "anais/epbem/2012"
    "edicao_logo" => "5e49c09ba9bc2_16022020192219.png"
    "edicao_capa" => "5e49c06663c32_16022020192126.png"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2012-11-24 00:00:00"
    "publicacao_id" => 4
    "publicacao_nome" => "Anais do Encontro Paraibano de Educação Matemática"
    "publicacao_codigo" => "2317-0042"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 1203
    "edicao_id" => 4
    "trabalho_id" => 224
    "inscrito_id" => 783
    "titulo" => "REFLETINDO A ESCOLA POR DENTRO. EXPERIÊNCIAS NO 3º PERÍODO DO CURSO LICENCIATURA EM MATEMÁTICA DA FACIG-PE."
    "resumo" => "Este Pôster descreve uma experiência em andamento com o componente curricular Estrutura e Funcionamento da Educação Básica no 3º período do curso de Licenciatura em Matemática e tem como objetivo elencar algumas atividades realizadas com alunos regularmente matriculados no curso. Durante o 1º semestre de 2012, especificamente nos meses de fevereiro a abril, o componente curricular FFSE se propôs na sua ementa, refletir acerca dos conceitos de Sistema, Sistema Escolar e Educação Básica. Dentro dos itens propostos, discutimos sobre o conceito de educação, os níveis e modalidades de ensino, os objetivos e as finalidades a que se propõe historicamente a educação, a educação e a ideologia, a legislação brasileira, o planejamento e os seus propósitos históricos. No planejamento da disciplina, destacamos a metodologia adotada: a necessidade de visitar uma escola pública estadual e aplicar nas turmas dessa escola, algumas atividades do conteúdo do curso de Matemática especificamente, e apresentação de um filme que tenha relação com a realidade e o cotidiano da escola por dentro. Fez-se necessária a leitura de textos em sala de aula, trazendo à tona a educação, discutindo os retrocessos e|ou avanços; e apresentação de um filme que discute a escola abordando seus aspectos gerais; em seguida houve uma discussão e elaboração de um relatório na visão de cada aluno. Em momentos posteriores, fizemos visitas à Escola Professora Zulmira de Paula Almeida, em Jardim Paulista Baixo, Paulista-PE, para conhecer a estrutura da escola, os alunos, os professores, e os gestores. Na primeira visita, realizamos uma “Roda de Debate”, onde conversamos com a Educadora de Apoio e com os professores de Matemática sobre questões de interesse dos alunos. Na segunda visita os alunos, distribuídos em grupos, ministraram uma aula de Matemática em turmas variadas. Para os alunos do curso de licenciatura em Matemática, essas atividades realizadas na sala de aula foram significativas, especificamente as visitas à escola. Alguns depoimentos foram dados e dos quais destacamos: ”a visita reforçou a vontade de ensinar, de ser professor de Matemática”; “houve uma relação de ensino e aprendizagem entre professor, aluno e estudante de Matemática”; “a visita foi importante para a nossa formação porque foram vivenciadas situações do cotidiano da escola pública e devemos lutar contra as adversidades”; “foi um prazer visitar a escola e obter informações sobre a mesma, ser professor não é para qualquer um e sim para quem ama o que faz”. Os professores da escola ao conversar e avaliar as atividades realizadas foram unânimes em afirmar que: “os alunos do curso de Matemática da FACIG foram muito bem nas suas tarefas, pois, trouxeram material prático para a aula e isso despertou o interesse das turmas da escola visitada”, que solicitaram aos alunos de Licenciatura em Matemática da FACIG, a continuidade das aulas e novas visitas. Isso nos faz acreditar que ensinar Matemática sem apresentá-la como bicho de sete cabeças é possível. As atividades realizadas a que se propõe a disciplina Estrutura e Funcionamento da Educação Básica parte do conhecimento da legislação que rege uma escola, leva os alunos a repensar sobre como ensinar melhor a Matemática, a repensar a formação do professor, a conhecer a realidade da escola e intervir nessa realidade da forma que Freire (1987) propõe: ”ação-reflexão-ação."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "08 - Formação de Professores e Educação Matemática (FPM)"
    "palavra_chave" => "COMPONENTE CURRICULAR, LICENCIATURA EM MATEMÁTICA, EXPERIÊNCIAS DIDÁTICAS."
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Poster_783.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:47"
    "updated_at" => "2020-06-10 20:58:53"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ELISABETH FRANCISCA DE MELO FILHA"
    "autor_nome_curto" => "BETH FILHA"
    "autor_email" => "beth_filha@ig.com.br"
    "autor_ies" => "UFPB"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-vii-epbem"
    "edicao_nome" => "Anais VII EPBEM"
    "edicao_evento" => "VII Encontro Paraibano de Educação Matemática"
    "edicao_ano" => 2012
    "edicao_pasta" => "anais/epbem/2012"
    "edicao_logo" => "5e49c09ba9bc2_16022020192219.png"
    "edicao_capa" => "5e49c06663c32_16022020192126.png"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2012-11-24 00:00:00"
    "publicacao_id" => 4
    "publicacao_nome" => "Anais do Encontro Paraibano de Educação Matemática"
    "publicacao_codigo" => "2317-0042"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 24 de novembro de 2012

Resumo

Este Pôster descreve uma experiência em andamento com o componente curricular Estrutura e Funcionamento da Educação Básica no 3º período do curso de Licenciatura em Matemática e tem como objetivo elencar algumas atividades realizadas com alunos regularmente matriculados no curso. Durante o 1º semestre de 2012, especificamente nos meses de fevereiro a abril, o componente curricular FFSE se propôs na sua ementa, refletir acerca dos conceitos de Sistema, Sistema Escolar e Educação Básica. Dentro dos itens propostos, discutimos sobre o conceito de educação, os níveis e modalidades de ensino, os objetivos e as finalidades a que se propõe historicamente a educação, a educação e a ideologia, a legislação brasileira, o planejamento e os seus propósitos históricos. No planejamento da disciplina, destacamos a metodologia adotada: a necessidade de visitar uma escola pública estadual e aplicar nas turmas dessa escola, algumas atividades do conteúdo do curso de Matemática especificamente, e apresentação de um filme que tenha relação com a realidade e o cotidiano da escola por dentro. Fez-se necessária a leitura de textos em sala de aula, trazendo à tona a educação, discutindo os retrocessos e|ou avanços; e apresentação de um filme que discute a escola abordando seus aspectos gerais; em seguida houve uma discussão e elaboração de um relatório na visão de cada aluno. Em momentos posteriores, fizemos visitas à Escola Professora Zulmira de Paula Almeida, em Jardim Paulista Baixo, Paulista-PE, para conhecer a estrutura da escola, os alunos, os professores, e os gestores. Na primeira visita, realizamos uma “Roda de Debate”, onde conversamos com a Educadora de Apoio e com os professores de Matemática sobre questões de interesse dos alunos. Na segunda visita os alunos, distribuídos em grupos, ministraram uma aula de Matemática em turmas variadas. Para os alunos do curso de licenciatura em Matemática, essas atividades realizadas na sala de aula foram significativas, especificamente as visitas à escola. Alguns depoimentos foram dados e dos quais destacamos: ”a visita reforçou a vontade de ensinar, de ser professor de Matemática”; “houve uma relação de ensino e aprendizagem entre professor, aluno e estudante de Matemática”; “a visita foi importante para a nossa formação porque foram vivenciadas situações do cotidiano da escola pública e devemos lutar contra as adversidades”; “foi um prazer visitar a escola e obter informações sobre a mesma, ser professor não é para qualquer um e sim para quem ama o que faz”. Os professores da escola ao conversar e avaliar as atividades realizadas foram unânimes em afirmar que: “os alunos do curso de Matemática da FACIG foram muito bem nas suas tarefas, pois, trouxeram material prático para a aula e isso despertou o interesse das turmas da escola visitada”, que solicitaram aos alunos de Licenciatura em Matemática da FACIG, a continuidade das aulas e novas visitas. Isso nos faz acreditar que ensinar Matemática sem apresentá-la como bicho de sete cabeças é possível. As atividades realizadas a que se propõe a disciplina Estrutura e Funcionamento da Educação Básica parte do conhecimento da legislação que rege uma escola, leva os alunos a repensar sobre como ensinar melhor a Matemática, a repensar a formação do professor, a conhecer a realidade da escola e intervir nessa realidade da forma que Freire (1987) propõe: ”ação-reflexão-ação.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.