Artigo Anais V ENID & III ENFOPROF / UEPB

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-7379

O USO DA HISTÓRIAS EM QUADRINHOS COMO RECURSO DIDÁTICO-PEDAGÓGICO NAS AULAS DE HISTÓRIA

Palavra-chaves: ENSINO DE HISTÓRIA, SALA DE AULA, HISTÓRIAS EM QUADRINHOS Comunicação Oral (CO) Ensino de História e formação docente Publicado em 21 de agosto de 2015

Resumo

Neste artigo propormos refletir sobre o potencial metodológico de ensinar e aprender História por meio das Histórias em Quadrinhos. Nesse sentido, neste artigo temos por objetivo fomentar e nortear o uso apropriado das narrativas sequenciais nas práticas educativas, discutindo os possíveis caminhos para sua implementação. Através de análises dos conteúdos das próprias HQs e de uma pesquisa bibliográfica sobre o tema e sua relação com a sala de aula, indicaremos maneiras de como emprega-las em sala de aula. Pretendemos mostrar que as HQs são um valioso instrumento didático e que, como tal, deve ser utilizada com responsabilidade. Mesmo as histórias em quadrinhos para uso didático podem apresentar equívocos que devem ser identificados e administrados pelo professor. Seu uso em sala de aula deve ser devidamente planejado. Cabe ao educador adequar as aplicações possíveis deste recurso pedagógico às necessidades de sua sala de aula, explorando sua potencialidade e possibilitando aos alunos recolher do texto informações que podem servir de fontes de aprendizado, ajudando a desenvolver o raciocínio e a capacidade de análise dos estudantes . Identificando os avanços e também as principais dificuldades, ou mesmo limites que impedem o aproveitamento desta ferramenta educativa nas aulas de História, evidenciamos que as Histórias em Quadrinhos podem ser utilizadas como fonte de pesquisa, auxiliando na compreensão de aspectos da vida social de comunidades de diferentes tempos e espaço; incentivam a criatividade e a imaginação dos estudantes e que pela diversidade dos contextos históricos que são adaptadas, podem ser empregadas como suporte para introdução de diferentes temas que vão das cruzadas ao imperialismo.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.