Artigo Anais do V CONAPESC

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

Visualizações: 76
O USO DE ALIMENTO PROBIÓTICO NA PREVENÇÃO DA OBESIDADE

Palavra-chaves: KEFIR, OBESIDADE, PROBIÓTICOS, , Pôster (Resumo Expandido) AT 05: Ciências da Saúde: abordagens na Pesquisa e no Ensino

Resumo

DADOS DA ONU INDICAM A OBESIDADE COMO EPIDEMIA, ESPECIALMENTE EM PAÍSES DA AMÉRICA LATINA E CARIBE. SEUS RISCOS E COMORBIDADES SÃO VARIADOS E ENVOLVEM A PATOGÊNESE DE DIVERSAS DOENÇAS COMO A SÍNDROME METABÓLICA, PODENDO ACARRETAR RISCOS CARDIOVASCULARES E DESENVOLVIMENTO DO DIABETES MELLITUS. A OBESIDADE É UMA CONDIÇÃO MULTIFATORIAL, HÁ INDÍCIOS DE QUE A MICROBIOTA INTESTINAL PODE ESTAR ENVOLVIDA COMO UM FATOR DE RISCO PREDISPONENTE. A CAPACIDADE DO KEFIR E DOS PROBIÓTICOS EM COLONIZAR E MODULAR A COMPOSIÇÃO DA MICROBIOTA INTESTINAL, PROMOVER EFEITOS ANTIOXIDANTES, ANTI-HIPERTENSIVOS, HIPOGLICÊMICO E HIPOCOLESTEROLÊMICOS, PODE AJUDAR NA PREVENÇÃO DE DETERMINADAS PATOLOGIAS, INCLUINDO DISTÚRBIOS METABÓLICOS COMO OBESIDADE, DIABETES E DOENÇAS INFLAMATÓRIAS, PODENDO CAUSAR IMPACTOS BENÉFICOS NA QUALIDADE DE VIDA. ENTRETANTO, HÁ AINDA A NECESSIDADE ESTUDOS SOBRE AS FUNÇÕES E PRODUTOS ESPECÍFICOS DOS MICRORGANISMOS QUE COMPÕE O KEFIR E SUA INTERAÇÃO COM O TRATO GASTROINTESTINAL. PARA ISSO, SÃO NECESSÁRIOS MAIS ESTUDOS SISTEMATIZADOS E PROSPECTIVOS ENVOLVENDO UMA AMOSTRAGEM MAIOR, COMPARANDO DIFERENTES CEPAS E APRESENTAÇÕES DE PROBIÓTICOS.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.