Artigo Anais VII ENALIC

ANAIS de Evento

ISSN: 2526-3234

Visualizações: 66
(RE)XISTIR EM REDES DE LINGUAGENS NO SERTÃO DAS ÁGUAS: PRÁTICAS DOCENTES ALFABETIZADORAS NA CIBERCULTURA NA LICENCIATURA INTEGRADA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ

Resumo

(RE)XISTIR EM REDES DE LINGUAGENS NO SERTÃO DAS ÁGUAS: PRÁTICAS DOCENTES ALFABETIZADORAS NA CIBERCULTURA NA LICENCIATURA INTEGRADA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ Elizabeth Orofino Lucio/orofinolucio@ufpa.com/UFPA/IEMCI/GEPASEA Eixo Temático: Alfabetização e letramentos - com ênfase em referenciais, metodologias e práticas aplicadas na alfabetização, numeramento e no letramento científico O propósito deste trabalho é o de investigar o desenvolvimento da construção de conhecimentos/saberes profissionais na formação inicial de professores para atuarem nos anos iniciais de escolaridade que integram o curso de Licenciatura Integrada em Educação em Ciências, Matemática e Linguagens da Universidade Federal do Pará. Tais estudantes da docência, futuros professores alfabetizadores, participam de temas no campo da linguagem em língua materna e, no desenvolvimento de alguns temas, foi iniciada a montagem de uma pesquisa-formação que trabalha a alfabetização em língua materna, a partir de uma visão interdisciplinar, utilizando diversas linguagens e suportes no processo de aprendizagem, privilegiando a construção de fanzines pedagógicos, de um repositório de escrita infantil, uma exposição fotográfica e uma revista, que eram produzidas sobre a temática leitura e escrita, como potencial formativo e investigativo. Foram analisados os eventos de aula, a partir de diários de bordo dos sujeitos da pesquisa e os trabalhos confeccionados, evidenciando-se o desenvolvimento do trabalho pedagógico como enunciados que contêm uma narrativa possível dos conhecimentos tecidos entre a arte, a vida e o conhecimento. A análise inicial dos eventos de pesquisa permite concluir que o uso das fotografias, dos fanzines pedagógicos, do repositório de escrita infantil e da revista proporciona uma autoria "transgressora" dos sujeitos e potencializa o elo alfabetização em língua materna na cibercultura, constituindo-se uma questão importante para pesquisadores-formadores do campo que assumem uma perspectiva interdisciplinar e concebem os docentes autores de seus dizeres e fazeres. PALAVRAS-CHAVE: formação de professores, alfabetização, linguagem. Referências: ANDERSON, Higor Leal. Fotografias docentes: saberesfazeres alfabetizadores narrados em espaçostempos de formação de professores(as). Dissertação de mestrado, Educação,UNIRIO,2014. . BAKHTIN, M. (VOLOCHINOV). Marxismo e filosofia da linguagem. São Paulo: Hucitec, 1992. ____.Discurso na vida e discurso na arte.Tradução para o português, feita por Carlos Alberto Faraco e Cristovão Tezza de "Discourse in life and discourse in art - concerning sociological poetics", publicada em V. N. Voloshinov, Freudism, New York. Academic Press, 1976. ____. Estética da Criação Verbal. São Paulo: Martins Fontes, 1992.2003. ____. Marxismo e Filosofia da linguagem. São Paulo: Hucitec, 2010. ____. Estética da Criação Verbal. SP: Martins Fontes, 2010. ____. Para uma filosofia do ato responsável. Tradução de Carlos Alberto Faraco e Cristóvão Tezza de Toward a Philosophy of the Act. Austin: University of Texas Press, 1993a. São Carlos/SP: Pedro & João Editores, 2010. ____. A Cultura popular na Idade Média e no Renascimento: o contexto de François Rabelais. Tradução de Yara Frateschi Vieira. São Paulo/Brasília: Hucitec/Editora Universidade de Brasília, 2008. CANÁRIO, Rui. O que é a escola? Porto: Porto Editora,2005. ESTEBAN, Maria Teresa; ZACCUR, Edwiges. A pesquisa como eixo de formação docente. In: ______. (Org.). Professora-pesquisadora - uma práxis em construção. Rio de Janeiro: DP&A, 2002. 3. ______; SAMPAIO, Carmen Sanches. Diferença, alteridade e aprendizagem: desafios infantis ao saber docente. In: ENCONTRO NACIONAL DE DIDÁTICA E PRÁTICAS DE ENSINO - ENDIPE, XVI., Campinas, SP, 2012. Anais. Campinas, SP, 2012. GATTI, Benarderte A.. Formação inicial de professores para a educação básica: pesquisas e políticas educacionais. Est. Aval. Educ., São Paulo, v. 25, n. 57, p. 24-54, jan./abr. 2014. GERALDI, João Wanderley; FREITAS, Maria Tereza. Bakhtin é o pano de fundo ao modelo neoliberal da Educação. Encontros Possíveis,UFJF,2011. Disponível em: www.ufjf.br/revistaa3/.../small_youblisher.com-183638-Revista_A3_01_20_24.pdf. Acesso em: 23 de maio de 2016. GERALDI, João Wanderley. Ancoragens: estudos bakhtinianos. Pedro & João editores, São Carlos,2010. GERALDI, J. W. & GERALDI, C. M. G. A domesticação dos agentes educativos: Há uma luz no fim do túnel. Revista Inter.Ação. Revista da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás. Goiânia n. 1 jan./jun. 2012.Disponível em:. Acesso em 10, jan. 2013. KRAMER, S. Por entre as pedras: arma e sonho na escola. SP: Ática, 2006. LOPES, Ana Elisabete. GUSMÃO, Denise. PORTO, Cristina. Correspondências entrelaçadas: percursos de pesquisa com a fotografia. In: KRAMER, Sonia. NUNES, Maria Fernanda. LARROSA, Jorge. Notas sobre a experiência e o saber da experiência. Tradução de J. W.Geraldi. Revista Brasileira de Educação, Jan/Fev/Mar/Abr, Nº 19, 2002. Disponível em:. Acesso em 15, set. 2011. LUCIO, Elizabeth Orofino. A palavra conta, o discurso desvela: saberes docentes na formação continuada de professores de leitura e escrita. Rio de janeiro,2016. Tese ( Doutorado Educação )- FE/UFRJ. No prelo. ______. Tecendo os fios da Rede: o programa Pró-letramento e a tutoria na formação continuada de professores da educação básica. Rio de Janeiro,2010. Dissertação (Mestrado Educação) - FE/UFRJ. Disponível em: . Acesso em 25, mar. 2014. LUCIO, E. O; VAREJÃO, J. D. S. F. O professor pesquisador e o professor alfabetizador nos espaços de formação continuada: olhares docentes sobre/para os alunos de classes populares das grandes metrópoles brasileiras. In: ENCONTRO NACIONAL DE DIDÁTICA E PRÁTICAS DE ENSINO, 16., 2012, Campinas. Anais do XVI Encontro nacional de Didática e Práticas de Ensino - ENDIPE: FE/UNICAMP. Campinas - SP. 2012. CD-ROM. ________ . As raízes da alfabetização e os sentidos dos (novos) discursos sobre alfabetização na formação. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ALFABETIZAÇÃO DA ABALF. 1., 2013, Belo Horizonte. Anais do I Congresso Brasileiro de

Compartilhe:

Visualização do Artigo

Infelizmente, não conseguimos localizar o arquivo para download. Mas não se preocupe, nossa equipe já foi notificada do problema e já estamos trabalhando para a resolução! Tente novamente mais tarde!

Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.