Artigo Anais V FIPED

ANAIS de Evento

ISSN: 2316-1086

Visualizações: 47
UMA EDUCAÇÃO SEM TRADICIONALISMOS: SEXUALIDADE, FAMÍLIA E PRÁTICAS PEDAGÓGICAS.

Palavra-chaves: EDUCAÇÃO, SEXUALIDADE, FAMILIA Comunicação Oral(CO) GT 19 - SEXUALIDADES E JUVENTUDES: INTERFACES EDUCATIVAS

Resumo

O presente artigo traz a tona as reflexões inicias de uma pesquisa em andamento que parte de inquietações investigativas sobre a produção de identidades, diferenças, conceitos e pré-conceitos referentes aos temas sexualidade e novas estruturações familiares dentro de escolas públicas de Picos-PI. Quando falamos em sexualidade na escola estamos abordando a dimensão corpo, gênero e afetividade. Trabalhando-se conforme a proposta de orientação sexual com tema transversal presente nos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN’s) que sugerem uma docência sem tradicionalismos, que busque conhecer as duvidas, inquietações e questionamentos dos alunos, mostrando que a sexualidade não resume-se apenas à relações sexuais ou divisão de gêneros. Já quando nos referimos à diversidade familiar no espaço escolarizado, visamos à compreensão dos novos arranjos familiares contemporâneos e os reflexos dessa reestruturação social no cotidiano de educadores ao depararem-se com as pluralidades trazidas pelos diversos arranjos familiares vivenciados por seus alunos.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.