Artigo Anais IV SINALGE

ANAIS de Evento

ISSN: 2527-0028

Visualizações: 146
POR UMA PRÁTICA SITUADA DE ESCRITA: UMA EXPERIÊNCIA EM PRODUÇÃO COLETIVA DE CORDEL

Palavra-chaves: ESCRITA, CORDEL, INTERACIONISMO SOCIODISCURSIVO Comunicação Oral (CO) GT16-GÊNEROS DISCURSIVO E/OU TEXTUAL: ENSINO/APRENDIZAGEM

Resumo

Escrever textos não é uma tarefa fácil, e ensiná-la parece, à primeira vista, uma tarefa ainda mais difícil, pois, no contexto escolar, os alunos costumam perceber essa atividade como algo mecânico, apenas para o cumprimento de uma tarefa. Porém, quando a produção textual tem um contexto bem definido, o aluno pode, percebendo o sentido social da escrita, motivar-se a escrever textos com propósitos que ultrapassam a prática escolar. Pensando nisso, este trabalho visa a relatar uma experiência vivenciada em uma sala de aula de 9º ano do ensino fundamental da rede pública de ensino, referente ao estudo do gênero cordel. A sequência didática teve como foco a produção coletiva de um texto cujo propósito final seria a venda de folhetos para arrecadar verba com vistas à realização de uma festa de concluintes na escola. Esse trabalho teve como aporte teórico o interacionismo sociodiscursivo, adaptando-se a proposta de Dolz, Noverraz e Schnewvly (2004), de modo que os módulos didáticos tiveram como propósito a aprendizagem do gênero e suas peculiaridades e a discussão de uma temática, com foco em uma produção final em conjunto, sob a mediação da professora da turma. No momento de produção coletiva, evidenciou-se uma efetiva reflexão linguística, já que os alunos foram levados a manipular adequadamente os recursos expressivos, organizando o texto de forma coesa e coerente, sem perder de foco a progressão temática e as questões relativas à estrutura do gênero em questão, que requer o domínio de métrica e rimas. Nessa metodologia, a reescrita e a revisão ocorreram concomitantemente à própria produção, e, ao final, os alunos revisaram novamente o texto e realizaram os últimos ajustes, com efetivo interesse em aprimorá-lo, já que queriam que o texto apresentasse qualidade suficiente para se tornar vendável e atrair um grande número de compradores, arrecadando o montante necessário para a realização do evento no qual estavam interessados em participar. O desenvolvimento dessa experiência favoreceu a focalização do significado da tarefa e a mobilização de estratégias linguísticas em uma prática situada de produção textual, favorecendo mais proficiência ao escrever textos e a percepção da função social da escrita por parte dos alunos.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.