Artigo Anais IV ENID / UEPB

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-7379

Visualizações: 280
ADAPTAÇÕES LITERÁRIAS NO ENSINO DE ELE: UMA EXPERIÊNCIA COM A OBRA DOM QUIXOTE

Palavra-chaves: ADAPTAÇÃO LITERÁRIA, ENSINO-APRENDIZAGEM, LÍNGUA ESPANHOLA Comunicação Oral (CO) Ensino-aprendizagem de Espanhol-língua estrangeira Publicado em 22 de novembro de 2014

Resumo

O texto literário é por excelência uma ferramenta de “peso” quando se tratar do processo de ensino-aprendizagem de línguas estrangeiras (LE). Isso se deve ao fato dele ser um material autêntico, atemporal e proporcionar inúmeras possibilidades de ser trabalhado em sala de aula. Embora a partir dos anos 90 até os dias atuais, vários estudos apontem para a importância de uma reutilização da literatura como ferramenta de ensino nas aulas de LE.Ainda há vários desafios a serem enfrentados e vencidos. Um deles é a dificuldade que o professor de LE enfrenta para escolher o texto adequado a ser utilizado em suas aulas. Sendo que, muitas vezes os textos literários são deixados de lado, por serem considerados materiais complexos. Tendo em vista tal contexto buscamos utilizar adaptações literárias nas aulas de ELE. Dessa forma, fundamentamos nossa pesquisa em teóricos como: Fillola (2002), Soares (2012) Mendoza (2007) entre outros de igual importância. Além disso, aplicamos uma atividade utilizando a obra Don Quijote en versos para niños. Tudo isso, a fim de mostrar a importância de adaptações literárias para o processo de ensino aprendizagem da língua espanhola. Também objetivamos com este trabalho relatar a atividade aplicada ressaltando os pontos positivos e negativos de tal prática. Diante de tudo que pesquisamos e observamos, podemos afirmar que o docente ao se utilizar de adaptações consegue alcançar objetivos mais ousados do que apenas ensinar os elementos “tradicionais” da língua meta, já seus alunos conhecem as grandes obras literárias da língua estrangeira que está estudado. Outro ponto que devemos salientar em relação ao uso de textos adaptados é que estes são mais curtos, o vocabulário e as estruturas gramaticais são mais simples facilitando assim, o seu o uso em sala de aula.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.