Artigo Anais IV ENID / UEPB

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-7379

O PROFESSOR NA SOCIEDADE TECNOLÓGICA: AVANÇOS E RUPTURAS

Palavra-chaves: EDUCAÇÃO, TECNOLOGIA, FORMAÇÃO DOCENTE Pôster (PO) FORMAÇÃO DOCENTE: SABERES, SUJEITOS E PRÁTICAS Publicado em 22 de novembro de 2014

Resumo

Vivemos hoje em uma sociedade centrada no viés da tecnologia, onde o analógico aos poucos sai de cena, para abrir espaço para um mundo digital. No campo educacional, tais avanços tomaram um significado singular, proporcionando uma melhor interação entre professores e alunos. Tais mudanças em linhas gerais trazem certo desconforto, em virtude de muitos profissionais não se sentirem muito a vontade em aprender e usar as diversas tecnologias disponíveis no ambiente escolar. Nesse contexto, é de suma importância para os docentes nos dias de hoje, estarem atentos às mudanças tecidas pelas tecnologias, aspecto que vem a melhorar o desenvolvimento de práticas inovadoras, possibilitando assim uma melhor interação com o aluno no processo de construção do saber. Nessa perspectiva buscamos ao longo do presente estudo analisar o papel do professor face ao advento das novas tecnologias, sendo nossos objetivos específicos os seguintes: Compreender o imperativo da formação docente num cenário tecnológico; perceber as mudanças e avanços ocasionados pela tecnologias na atuação dos docentes; destacar a importância da formação numa perspectiva para uso das tecnologias. Nosso trabalho, vislumbra como um estudo de cunho bibliográfico, tendo como principal suporte os estudos tecidos por: Morais (1997); Kalink (1999); Freire (2000) entre outros. Ao concluir nossas reflexões, percebemos que embora bastante evidente no cenário atual, as tecnologias ainda oportuniza um amplo debate no que tange a formação docente, além de ampliar o processo de aprendizagem dos educandos de forma mais significativa, uma vez que aproxima-se da realidade onde este educando está inserido, em meio a tecnologia que emerge a cada instante no seio da sociedade, e que todavia, não deve ser ignorada pela escola. Desta feita, cabe aos docentes se apropriar dessa vertente, como forma de melhorar sua prática.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.