Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

TRABALHANDO COM OS NÚMEROS NEGATIVOS E POSITIVOS POR MEIO DE MATERIAL MANIPULATIVO

Palavra-chaves: ENSINO MÉDIO, MATERIAL MANIPULATIVO, NÚMEROS INTEIROS Comunicação Oral (CO) EDUCAÇÃO MATEMÁTICA Publicado em 18 de setembro de 2014

Resumo

Nesta comunicação oral abordo a ideia dos números positivos e negativos sendo trabalhados por meio de material manipulativo, a régua dos números inteiros, a qual permite ao aluno se familiarizar com as operações de adição e subtração de números inteiros, proporcionando a este um aprofundamento das noções do conteúdo. Trabalhar com os números inteiros por meio desse recurso torna as aulas dinâmicas e bastante proveitosas quando comparamos com o algoritmo praticado ainda hoje em várias escolas. Temos como sujeitos neste trabalho, 17 alunos do 1° ano do Ensino Médio, da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Ivan Bichara Sobreira, da cidade de Lagoa de Dentro – PB, que frequentaram regularmente as aulas no ano letivo de 2013. As razões pelas quais resolvi trabalhar este conteúdo inerente ao Ensino Fundamental no Ensino Médio, deveu-se ao fato de que esses alunos detinham dificuldades de realizar operações de soma e subtração de números inteiros. O objetivo deste trabalho é proporcionar a esses estudantes uma revisão dos números inteiros, por meio de metodologia alternativa, de modo que consigam uma aprendizagem significativa. Ao concluir esse trabalho, tenho convicção de que os objetivos inicialmente definidos foram alcançados, não em sua totalidade, mas em quantidade suficiente para que os educandos possam dar prosseguimento ao processo de aprendizagem de maneira autônoma e acredito que os conteúdos trabalhados contribuíram para uma melhora significativa no aprendizado, diminuindo consideravelmente suas defasagens em relação ao conteúdo. Acredito também que os alunos envolvidos nesse trabalho encontraram maneiras de se apropriar do conteúdo em estudo de forma prazerosa e com relativa significância para a sua formação.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.