Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 197
OS GÊNEROS TEXTUAIS EM SALA DE AULA: APRESENTAÇÃO DO ORAL E DA ESCRITA NAS SEQUÊNCIAS DIDÁTICAS

Palavra-chaves: GÊNEROS TEXTUAIS, SEQUÊNCIA DIDÁTICA, ATIVIDADES ESCOLARES Pôster (PO) ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA Publicado em 18 de setembro de 2014

Resumo

As sequências didáticas são definidas como um conjunto de atividades escolares organizadas de maneira sistemática em torno de um gênero textual oral ou escrito. Portanto, o presente trabalho irá tratar de maneira específica das sequências didáticas embasadas nos diferentes tipos de gêneros textuais, enfatizando a importância do trabalho com os gêneros textuais orais, o que irá ser favorável para a pratica da oralidade em sala de aula, assim como a importância de trabalhar com os gêneros textuais escritos, no que concerne a pratica da escrita, no sentido de que se escreve para alguém e com alguma finalidade. Utilizamos como embasamento teórico também os Parâmetros Curriculares Nacionais, de forma que demonstramos o trabalho com os gêneros textuais como uma maneira de preparar nossos alunos para conviver em sociedade, possibilitando-os as armas necessárias para um bom desenvolvimento tanto da linguagem, quanto das produções orais. E ainda em decorrência da necessidade de demonstrar a melhor forma de como ensinar a expressão oral e escrita, apoiamo-nos nos estudos de Joaquim Dolz, Michele Noverraz e Bernard Schnewly citados por Marcuschi (2008). Sabendo que, levando os gêneros textuais para sala de aula em forma de sequência didática é uma forma eficaz de atender as necessidades pessoais dos alunos, que relacionam-se com as ações do cotidiano destes. Faz parte, porém, desse estudo, a permissão do ensino da oralidade e da escrita a partir de um encaminhamento, a um só tempo, semelhante e diferenciado, que consiste na concentração das dimensões textuais da expressão oral e escrita.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.