Artigo Anais do VI CONAPESC

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

A RELAÇÃO ENTRE INSEGURANÇA ALIMENTAR E A PANDEMIA DA COVID-19: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA

Palavra-chaves: COVID-19, SARS-COV-2, PANDEMIA, INSEGURANÇA ALIMENTAR, Pôster (PO) AT 05 - Ciências da Saúde: abordagens na Pesquisa e no Ensino
"2022-01-24"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 77088
    "edicao_id" => 181
    "trabalho_id" => 136
    "inscrito_id" => 228
    "titulo" => "A RELAÇÃO ENTRE INSEGURANÇA ALIMENTAR E A PANDEMIA DA COVID-19: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA"
    "resumo" => "INTRODUÇÃO: A INSEGURANÇA ALIMENTAR ACONTECE QUANDO NÃO HÁ ACESSO A ALIMENTOS EM QUANTIDADE E QUALIDADE IDEAL PARA A SAÚDE. ESTA CONDIÇÃO PODE SE AGRAVAR PRINCIPALMENTE DURANTE CRISES ECONÔMICAS, E SE MANIFESTA EM VARIADOS NÍVEIS NA POPULAÇÃO, SENDO ELES: LEVE, MODERADO OU GRAVE. A COVID-19 NO BRASIL EVIDENCIOU A DISCREPÂNCIA ENTRE DIFERENTES REALIDADES SOCIAIS QUE EXISTEM NO PAÍS, RETOMANDO DISCUSSÕES A RESPEITO DA SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL. MÉTODOS: FOI REALIZADA UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA NAS BASES DE DADO PUBMED, SCIELO, LILACS E MEDLINE, UTILIZANDO OS DESCRITORES COVID-19, SARS-COV-2 E INSEGURANÇA ALIMENTAR PARA A CONSTRUÇÃO DO PRESENTE ESTUDO. RESULTADOS E DISCUSSÃO: A FOME NO BRASIL É UM PROBLEMA HISTÓRICO, E A CRISE ECONÔMICA ACENTUADA PELA PANDEMIA DA COVID-19, É UM AGENTE QUE FAZ COM QUE A INSEGURANÇA ALIMENTAR SE DISSEMINE NO MUNDO, E PRINCIPALMENTE EM PAÍSES SUBDESENVOLVIDOS E EM DESENVOLVIMENTO, COMO O BRASIL, LEVANTANDO PREOCUPAÇÕES UMA VEZ QUE A INSEGURANÇA ALIMENTAR REPERCUTE DE FORMA NEGATIVA NA SAÚDE DAS PESSOAS E AINDA REFLETE NA SOBRECARGA DO SISTEMA DE SAÚDE, TENDO CADA VEZ MAIS IMPACTO NA ECONOMIA DO PAÍS, DIFICULTANDO A ESTABILIZAÇÃO DA SITUAÇÃO DA CRISE ECONÔMICA-SANITÁRIA."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "AT 05 - Ciências da Saúde: abordagens na Pesquisa e no Ensino"
    "palavra_chave" => "COVID-19, SARS-COV-2, PANDEMIA, INSEGURANÇA ALIMENTAR, "
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV161_MD4_SA105_ID228_28092021122826.pdf"
    "created_at" => "2021-12-06 15:49:48"
    "updated_at" => null
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "MARIA LUISA FIGUEIRA DE OLIVEIRA"
    "autor_nome_curto" => "LUÍSA FIGUEIRA"
    "autor_email" => "malufigueira20@gmail.com"
    "autor_ies" => "INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO (IFPE)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-do-vi-congresso-nacional-de-pesquisa-e-ensino-em-ciencias"
    "edicao_nome" => "Anais do VI CONAPESC"
    "edicao_evento" => "VI Congresso Nacional de Pesquisa e Ensino em Ciências"
    "edicao_ano" => 2021
    "edicao_pasta" => "anais/conapesc/2021"
    "edicao_logo" => null
    "edicao_capa" => "619e67709bed3_24112021132520.jpg"
    "data_publicacao" => "2022-01-24"
    "edicao_publicada_em" => "2021-11-24 13:25:20"
    "publicacao_id" => 28
    "publicacao_nome" => "Anais do Conapesc"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 77088
    "edicao_id" => 181
    "trabalho_id" => 136
    "inscrito_id" => 228
    "titulo" => "A RELAÇÃO ENTRE INSEGURANÇA ALIMENTAR E A PANDEMIA DA COVID-19: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA"
    "resumo" => "INTRODUÇÃO: A INSEGURANÇA ALIMENTAR ACONTECE QUANDO NÃO HÁ ACESSO A ALIMENTOS EM QUANTIDADE E QUALIDADE IDEAL PARA A SAÚDE. ESTA CONDIÇÃO PODE SE AGRAVAR PRINCIPALMENTE DURANTE CRISES ECONÔMICAS, E SE MANIFESTA EM VARIADOS NÍVEIS NA POPULAÇÃO, SENDO ELES: LEVE, MODERADO OU GRAVE. A COVID-19 NO BRASIL EVIDENCIOU A DISCREPÂNCIA ENTRE DIFERENTES REALIDADES SOCIAIS QUE EXISTEM NO PAÍS, RETOMANDO DISCUSSÕES A RESPEITO DA SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL. MÉTODOS: FOI REALIZADA UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA NAS BASES DE DADO PUBMED, SCIELO, LILACS E MEDLINE, UTILIZANDO OS DESCRITORES COVID-19, SARS-COV-2 E INSEGURANÇA ALIMENTAR PARA A CONSTRUÇÃO DO PRESENTE ESTUDO. RESULTADOS E DISCUSSÃO: A FOME NO BRASIL É UM PROBLEMA HISTÓRICO, E A CRISE ECONÔMICA ACENTUADA PELA PANDEMIA DA COVID-19, É UM AGENTE QUE FAZ COM QUE A INSEGURANÇA ALIMENTAR SE DISSEMINE NO MUNDO, E PRINCIPALMENTE EM PAÍSES SUBDESENVOLVIDOS E EM DESENVOLVIMENTO, COMO O BRASIL, LEVANTANDO PREOCUPAÇÕES UMA VEZ QUE A INSEGURANÇA ALIMENTAR REPERCUTE DE FORMA NEGATIVA NA SAÚDE DAS PESSOAS E AINDA REFLETE NA SOBRECARGA DO SISTEMA DE SAÚDE, TENDO CADA VEZ MAIS IMPACTO NA ECONOMIA DO PAÍS, DIFICULTANDO A ESTABILIZAÇÃO DA SITUAÇÃO DA CRISE ECONÔMICA-SANITÁRIA."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "AT 05 - Ciências da Saúde: abordagens na Pesquisa e no Ensino"
    "palavra_chave" => "COVID-19, SARS-COV-2, PANDEMIA, INSEGURANÇA ALIMENTAR, "
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV161_MD4_SA105_ID228_28092021122826.pdf"
    "created_at" => "2021-12-06 15:49:48"
    "updated_at" => null
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "MARIA LUISA FIGUEIRA DE OLIVEIRA"
    "autor_nome_curto" => "LUÍSA FIGUEIRA"
    "autor_email" => "malufigueira20@gmail.com"
    "autor_ies" => "INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO (IFPE)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-do-vi-congresso-nacional-de-pesquisa-e-ensino-em-ciencias"
    "edicao_nome" => "Anais do VI CONAPESC"
    "edicao_evento" => "VI Congresso Nacional de Pesquisa e Ensino em Ciências"
    "edicao_ano" => 2021
    "edicao_pasta" => "anais/conapesc/2021"
    "edicao_logo" => null
    "edicao_capa" => "619e67709bed3_24112021132520.jpg"
    "data_publicacao" => "2022-01-24"
    "edicao_publicada_em" => "2021-11-24 13:25:20"
    "publicacao_id" => 28
    "publicacao_nome" => "Anais do Conapesc"
    "publicacao_codigo" => "2525-6696"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 24 de janeiro de 2022

Resumo

INTRODUÇÃO: A INSEGURANÇA ALIMENTAR ACONTECE QUANDO NÃO HÁ ACESSO A ALIMENTOS EM QUANTIDADE E QUALIDADE IDEAL PARA A SAÚDE. ESTA CONDIÇÃO PODE SE AGRAVAR PRINCIPALMENTE DURANTE CRISES ECONÔMICAS, E SE MANIFESTA EM VARIADOS NÍVEIS NA POPULAÇÃO, SENDO ELES: LEVE, MODERADO OU GRAVE. A COVID-19 NO BRASIL EVIDENCIOU A DISCREPÂNCIA ENTRE DIFERENTES REALIDADES SOCIAIS QUE EXISTEM NO PAÍS, RETOMANDO DISCUSSÕES A RESPEITO DA SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL. MÉTODOS: FOI REALIZADA UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA NAS BASES DE DADO PUBMED, SCIELO, LILACS E MEDLINE, UTILIZANDO OS DESCRITORES COVID-19, SARS-COV-2 E INSEGURANÇA ALIMENTAR PARA A CONSTRUÇÃO DO PRESENTE ESTUDO. RESULTADOS E DISCUSSÃO: A FOME NO BRASIL É UM PROBLEMA HISTÓRICO, E A CRISE ECONÔMICA ACENTUADA PELA PANDEMIA DA COVID-19, É UM AGENTE QUE FAZ COM QUE A INSEGURANÇA ALIMENTAR SE DISSEMINE NO MUNDO, E PRINCIPALMENTE EM PAÍSES SUBDESENVOLVIDOS E EM DESENVOLVIMENTO, COMO O BRASIL, LEVANTANDO PREOCUPAÇÕES UMA VEZ QUE A INSEGURANÇA ALIMENTAR REPERCUTE DE FORMA NEGATIVA NA SAÚDE DAS PESSOAS E AINDA REFLETE NA SOBRECARGA DO SISTEMA DE SAÚDE, TENDO CADA VEZ MAIS IMPACTO NA ECONOMIA DO PAÍS, DIFICULTANDO A ESTABILIZAÇÃO DA SITUAÇÃO DA CRISE ECONÔMICA-SANITÁRIA.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.