Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 172
OFICINA DE LÍNGUA PORTUGUESA COMO MEDIAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL NOS CURSOS SUBSEQÜENTES DO IFRN - CAMPUS – NATAL/CIDADE ALTA

Palavra-chaves: OFICINA DE LÍNGUA PORTUGUESA, MEDIAÇÃO, EDUCAÇÃO PROFISSIONAL Comunicação Oral (CO) ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA

Resumo

Este artigo insere-se nas discussões que vem sendo feitas hoje, no âmbito da Educação Profissional, acerca de trabalhar com a concepção mais ampla de educação, de modo a incorporar todas as dimensões educativas que ocorrem no âmbito das relações sociais que objetivam a formação humana nas dimensões social, política e produtiva, implica reconhecer que cada sociedade, em cada modo de produção e regimes de acumulação, dispõe de formas próprias de educação que correspondem às demandas de cada grupo e das funções que lhes cabe desempenhar na divisão social e técnica do trabalho. O exercício destas funções não se restringe ao caráter produtivo, mas abrange todas as dimensões comportamentais, ideológicas e normativas que lhe são próprias, elaborando a escola sua proposta pedagógica com base em demandas sociais. (KUENZER e GABROWSKI, 2006). É nessa perspectiva que as aulas de Língua Portuguesa aparecem como um espaço de mediação da Educação Profissional, proporcionando aos alunos discussões que estejam inseridas em suas práticas, mas também contribuam para sua formação enquanto cidadãos. O nosso objetivo é apresentar e refletir sobre uma experiência de práxis pedagógica desenvolvida no Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN - Campus Natal/Cidade Alta) realçando a realização de uma oficina pedagógica, nas aulas de Língua Portuguesa, mediadas no primeiro período da oferta de Curso Subsequente em Eventos, que objetivou a produção de cartazes de divulgação de eventos como ferramenta potencializadora da práxis profissional do Técnico em Eventos. A nossa metodologia foi construída em três etapas que compuseram uma unidade de ensino composta de 6h/a, sendo disponibilizadas para cada etapa 2h/a, que se construíram para que o processo fosse bem absorvido pelos alunos da turma, bem como para que pudéssemos organizar e observar melhor cada momento.Apontamos neste artigo para a importância de iniciativas que sirvam como catalisadores do processo de integração entre a Educação Profissional e Formação Humana a partir de discussões que tem como espaço, disciplinas de formação geral como a Língua Portuguesa. Percebemos, no decorrer deste percurso, que proporcionar atividades como esta, que trazemos neste artigo, é uma forma de contribuir para o que entendemos ser, a partir dos referenciais teóricos adotados, uma Formação Profissional que vai além dos conhecimentos técnicos inerentes e necessários a uma profissão. Eles, na verdade, tributam para uma formação global, de um profissional que reúne capacidades crítico-reflexivas cada vez mais importantes para, não só integrar o mundo do trabalho, como também se ator nele.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.