Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

O PENSAMENTO GEOMÉTRICO DE ALUNOS SURDOS DO 7º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL: UMA ANÁLISE APOIADA NO COROLÁRIO DA EXPERIÊNCIA KELLYANA

Palavra-chaves: PENSAMENTO GEOMÉTRICO, ALUNOS SURDOS, COROLÁRIO DA EXPERIÊNCIA Comunicação Oral (CO) EDUCAÇÃO ESPECIAL Publicado em 18 de setembro de 2014

Resumo

Este artigo apresenta uma experiência realizada na Escola Estadual de Audiocomunicação de Campina Grande Demóstenes Cunha Lima – EDAC. Os sujeitos envolvidos foram cinco alunos, matriculados regularmente no 7º ano do Ensino Fundamental onde todos frequentam o turno noturno, com os quais desenvolvemos uma proposta de ensino, que contemplou conteúdos de Geometria. Para tanto, apoiamo-nos na Teoria dos Construtos Pessoais de George Kelly (1963) e nos lastreamos no Corolário da Experiência. Nessa perspectiva, foram desenvolvidas ações para o ensino de sólidos geométricos. A mencionada proposta de ensino foi apresentada por meio da Libras, pois todos os surdos da referida série são proficientes na língua. A Língua Brasileira de Sinais é a sua forma de comunicação e expressão, portanto a relação comunicacional na sala de aula só se dá por meio dela. Nossa atividade assume característica qualitativa, com intervenção participante em um estudo de caso. O uso do computador bem como o de materiais manipuláveis foi imprescindível para facilitar o processo. Dentre os instrumentos utilizados, citamos: régua, moldes de figuras poligonais confeccionados com cartolina e embalagens vazias de sabonetes e perfumes, para simular, após o recorte e a abertura delas a planificação de alguns sólidos geométricos e, a partir dela, visualizar melhor e compreender a planificação, que permitiu também a visualização dos elementos de um poliedro. Logo, nosso objetivo incide em aplicar e analisar uma proposta de ensino, promovendo uma interlocução entre recursos digitais e os analógicos, em uma parceria que proporcione um bom resultado na aprendizagem de conteúdos geométricos para os referidos alunos. Palavras-chave: Pensamento geométrico; alunos surdos; Corolário da

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.