Artigo Anais do V CONAPESC

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

Visualizações: 187
IMPACTOS AMBIENTAIS E O GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS SOLÍDOS NA LAGOA DA PAMPULHA EM BELO HORIZONTE

Palavra-chaves: LAGOA DA PAMPULHA, GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS, POLUIÇÃO AMBIENTAL, , Pôster (Resumo Expandido) AT 10: Ciência Ambiental: No Ensino e na Pesquisa Publicado em 10 de dezembro de 2020

Resumo

O PRESENTE TRABALHO ABORDA OS ASPECTOS AMBIENTAIS DA LAGOA DA PAMPULHA, RESERVATÓRIO LOCALIZADO NO MUNICÍPIO DE BELO HORIZONTE (MG), COM ÊNFASE NOS PRINCIPAIS IMPACTOS CAUSADOS PELOS RESÍDUOS SÓLIDOS. NESSE CONTEXTO, PRETENDEU-SE DISCORRER SOBRE O GERENCIAMENTO POR PARTE DA GESTÃO PÚBLICA, ASSIM COMO O IMPACTO CAUSADO POR ESSES POLUENTES NO LOCAL. O OBJETIVO GERAL DESSE ESTUDO FOI, PORTANTO, INVESTIGAR COMO OCORRE O GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS NA LAGOA DA PAMPULHA, DE FORMA A AVERIGUAR OS DANOS CAUSADOS AO AMBIENTE E AS AÇÕES MITIGADORAS DA GESTÃO PÚBLICA. BUSCOU-SE REALIZAR UMA REVISÃO DE LITERATURA, COMO TAMBÉM UMA PESQUISA DE CAMPO, DE MANEIRA QUE FOSSE POSSÍVEL OBSERVAR, COMPREENDER E ANALISAR A SITUAÇÃO ATUAL DE POLUIÇÃO DA LAGOA DA PAMPULHA E AS PRINCIPAIS AÇÕES REPARADORAS PROMOVIDAS PELO PODER PÚBLICO. COMO PRINCIPAIS RESULTADOS IDENTIFICOU-SE O IMPACTO AMBIENTAL CAUSADO PELA GRANDE QUANTIDADE DE LIXO E ESGOTO DEPOSITADOS NO LOCAL, QUE AFETAM O ODOR E A QUALIDADE DA ÁGUA; ALÉM DISSO VERIFICOU-SE IN LOCO UMA AÇÃO DA PREFEITURA DO MUNICÍPIO PARA LIMPEZA DO RESERVATÓRIO COM O USO DE RETROESCAVADEIRAS. DIANTE DISSO, A PESQUISA MOSTRA A NECESSIDADE DE AÇÕES QUE VENHAM A MINIMIZAR E MITIGAR OS IMPACTOS CAUSADOS À LAGOA DA PAMPULHA AO LONGO DOS ANOS.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.