Artigo Anais do V CONAPESC

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

Visualizações: 120
EFEITO DO TRATAMENTO TÉRMICO NA MICROESTRUTURA E RESISTÊNCIA A CORROSÃO DAS LIGAS NI-W-P OBTIDAS POR ELETRODEPOSIÇÃO

Palavra-chaves: ELETRODEPOSIÇÃO, LIGA NI-W-P, CORROSÃO, CITRATO DE SÓDIO, Comunicação Oral (Artigo Completo) AT 06: Engenharias  e Arquitetura : abordagens sobre Ensino e Pesquisa Publicado em 10 de dezembro de 2020

Resumo

AS LIGAS DE TUNGSTÊNIO TEM-SE MOSTRADO UMA EXCELENTE ALTERNATIVA AO CROMO, VISTO QUE SUAS PROPRIEDADES SÃO BEM PRÓXIMAS E COM BAIXA TOXIDADE. UMA DAS DESVANTAGENS A DEPOSIÇÃO DO TUNGSTÊNIO É A NECESSIDADE DE SE CODEPOSITADO COM METAIS DO GRUPO DO FERRO PARA QUE SUA DEPOSIÇÃO OCORRA. OS REVESTIMENTOS BINÁRIOS DA LIGA NI-W APRESENTA EXCELENTES PROPRIEDADES QUANTO A RESISTÊNCIA AO DESGASTE E CORROSÃO, NO ENTANTO É COMPROVADO QUE A INCLUSÃO DO FÓSFORO CONTRIBUI PARA MELHORIAS DA LIGA. AS LIGAS TERNÁRIAS NI-W-P APRESENTAM MELHORES RESISTÊNCIA AO DESGASTE, À CORROSÃO E PROPORCIONA MELHOR ESTABILIDADE TÉRMICA. O TRATAMENTO TÉRMICO DA LIGA NI-W-P TROUXE ALTERAÇÕES NA MICROESTRUTURA DO MATERIAL ALÉM DE MELHORIAS SIGNIFICATIVAS QUANTO A RESISTÊNCIA À CORROSÃO. O MELHOR RESULTADO QUANTO A RESISTÊNCIA À CORROSÃO APÓS O TRATAMENTO TÉRMICO ALCANÇOU UMA RESISTÊNCIA DE POLARIZAÇÃO DE 407 KΩ.CM².

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.