Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 190
ESTUDO DE GEOMETRIA JUNTO À PRÁTICA COTIDIANA: SEMELHANÇA DE TRIÂNGULOS COM OBJETOS RUDIMENTARES NO ALCANSE DE ALTURAS INACESSÍVEIS

Palavra-chaves: GEOMETRIA PLANA, SEMELHANÇA DE TRIÂNGULOS, ALTURAS INACESSÍVEIS Comunicação Oral (CO) EDUCAÇÃO MATEMÁTICA Publicado em 18 de setembro de 2014

Resumo

Pensando nos desafios constantes em relação ao ensino e aprendizagem de Matemática e também nas possibilidades que essa ciência tão rica nos proporciona, apresentamos o desenvolvimento de um trabalho realizado em uma turma de 2° Ano Integrado em Informática do Instituto Federal da Paraíba – IFPB. Trata-se de uma experiência desenvolvida a partir das aulas de Geometria Plana, especificamente do estudo de semelhança de triângulos para medidas inacessíveis. A pesquisa foi desenvolvida por pequenos grupos, em ambientes extra sala de aula. O objetivo central desta proposta foi possibilitar que os alunos se sentissem mais envolvidos na construção e validação do conhecimento, não se limitando apenas a abstração em sala de aula. Mediante práticas e leituras acerca do ensino e aprendizagem de Matemática, especificamente de Geometria, sabemos que em muitas realidades, se encontra numa situação preocupante em relação às concepções e por vezes às práticas. Pensando nisso, organizamos uma proposta de trabalho dentro do estudo da Geometria Plana, na qual os alunos agentes do processo, apresentaram um desenvolvimento de considerável pertinência. O fato de ensinar Matemática é uma tarefa por vezes complexa, em virtude da desmotivação que a grande maioria dos estudantes apresenta nas mais diversas instituições do país. Entretanto, o fato de proporcionar meios que envolva o trabalho autônomo e ao mesmo tempo orientado aos alunos, pode render resultados mais satisfatórios, uma vez que os estimula, fazendo sentirem-se agentes do processo. Consequentemente, o professor se sente mais motivado por perceber o crescer dos frutos de sua dedicação frente ao que desenvolve.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.