Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 244
EDUCAÇÃO AMBIENTAL PELO BEM ESTAR E SAÚDE ANIMAL NAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO BÁSICO DA VILA FLORESTAL EM LAGOA SECA/PB

Palavra-chaves: ANIMAIS DOMÉSTICOS, GUARDA RESPONSÁVEL, ZOONOSES Comunicação Oral (CO) EDUCAÇÃO AMBIENTAL Publicado em 18 de setembro de 2014

Resumo

A escola é um espaço privilegiado para abordagem do tema bem estar animal, que é uma nova ciência relacionada com a educação ambiental e em saúde, indispensável aos profissionais que trabalham em torno da interação entre humanos e animais. Além disso, o ambiente escolar tem a possibilidade de criar condições e alternativas que estimulem os alunos a terem concepções e posturas cidadãs, cientes de suas responsabilidades e, principalmente, perceberem-se como integrantes do meio ambiente. Nesse contexto, professores e crianças bem informados podem atuar como difusores de temas relacionados ao bem estar animal e prevenção de zoonoses, propiciando melhorias no âmbito da saúde pública. Diante do exposto, fica evidente a importância de trabalhos educativos sobre bem estar e saúde animal para melhorar a qualidade de vida de humanos e animais. Dessa forma, foram realizadas ações educativas pelo bem estar e saúde animal nas instituições de ensino básico da Vila Florestal de Lagoa Seca/PB. Tais ações foram feitas a partir de palestra, apresentação de vídeo educativo e distribuição de panfletos e cartilhas infantis em uma Escola Estadual de Ensino Infantil e Fundamental e uma Creche Municipal. Foram abordados os assuntos referentes ao bem estar e saúde animal e guarda responsável, com o intuito de promover uma redução na transmissão de zoonoses e nos maus tratos e abandono de animais domésticos. Nas práticas educativas realizadas foram trabalhadas questões referentes principalmente aos conceitos de bem estar animal, guarda responsável, preservação da dignidade e saúde dos animais e benefícios da esterilização. Durante as ações de educação ambiental através de palestra, apresentação e vídeo educativo e distribuição de panfletos e de cartilha educativa foi possível perceber que crianças e adolescentes apresentaram curiosidade e dúvidas sobre os cuidados que devem ser tomados com os animais. Constatou-se também grande interação do público participante, proporcionando mudanças de perspectiva acerca da saúde e forma de interação com seus animais domésticos. Assim, fica clara a importância desses trabalhos e que os mesmos devem continuar tanto no ensino básico, como junto a população em geral, para assim disseminar essas ideias e esclarecer as dúvidas existentes, com o intuito de diminuir os problemas na cidade em relação ao bem estar e saúde animal. A educação ambiental representa uma ferramenta eficaz para a sensibilização e conscientização das crianças e adolescentes em relação ao bem estar animal, pois é a melhor forma de incentivar práticas de guarda responsável. Dessa forma, o envolvimento deste público com o tema poderá exercer influências positivas sobre a população e nas próximas gerações.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.