Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

DROGAS E FORMAS DE ATIVIDADES DIDÁTICAS E DINÂMICAS DE ENSINO

Palavra-chaves: DROGAS, ESCOLA, PREVENÇÃO Pôster (PO) MOVIMENTOS SOCIAIS, SUJEITOS E PROCESSOS EDUCATIVOS
"2014-09-18 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 7118
    "edicao_id" => 23
    "trabalho_id" => 441
    "inscrito_id" => 1916
    "titulo" => "DROGAS E FORMAS DE ATIVIDADES DIDÁTICAS E DINÂMICAS DE ENSINO"
    "resumo" => "Introdução: Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), droga é qualquer substância que, introduzida no organismo, interfere no seu funcionamento.  As drogas estão presentes em todos os espaços da sociedade, inclusive no universo escolar. A escola, ao lado da família, é um dos ambientes mais propícios para que a prevenção ao uso indevido de drogas ocorra e, para isso, os professores devem assumir com competência o compromisso político e social perante o problema para combatê-la. As atividades didáticas juntamente com as dinâmicas, tanto no ensino médio quanto no ensino fundamental, estão sendo cada vez mais valorizadas tendo em vista o desenvolvimento cognitivo dos estudantes. Segundo o Centro Brasileiro de Informações sobre Drogas Psicotrópicas (CEBRID), a experiência com drogas lícitas ou ilícitas é cada vez mais precoce entre os estudantes. Objetivo: Realizar um levantamento bibliográfico sobre quais as principais e mais efetivas pesquisas desenvolvidadas e palicadas em escolas públicas com foco em combate ao uso de drogas. Metodologia: Trata de uma revisão bibliográfica com base em arquivos científicos acessados em levantamento na base de dados Biblioteca Virtual em Saúde (BVS), com os seguintes descritores: Drogas, Escola e Prevenção. Foram aplicados os seguintes critérios de inclusão: publicação no período de 2010-2014, contemplar como sujeitos da pesquisa a população do ensino fundamental e/ou médio e estar coerente com o tema do presente estudo. Resultados e discussão: Foram identificados 102 artigos, teses e monografias, restando no total de 19 publicações, as quais estavam dentro dos critérios estabelecidos para análise. Observou-se que, apesar da escassez de publicações referentes às formas de abordagens didáticas e dinâmicas sobre drogas, os artigos foram satisfatórios quanto à relevância do conteúdo. Houve publicações nas seguintes regiões: 40% na Argentina (Buenos Aires), 40% no Brasil (Santa Catarina e São Paulo) e 20% no México (Chiapas). Nas pesquisas a média de idade que evidenciaram o início do uso é de 12 a 14 anos. Contudo observou-se que o uso das drogas é uma realidade entre os países da américa latina, sendo o Brasil um dos principais alvos desta problemática. Conclusão: É indispensável a formação de educadores para o desenvolvimento da prevenção. A escola é um espaço excepcional para se trabalhar estas temáticas, entretanto, é necessário um envolvimento da comunidade escolar a esta intervenção, por isso a importância de se desenvolver no ambiente escolar a formação não só de professores, mas também de alunos e pessoas da própria população incluindo-os juntos nesta proposta, para que o combate  contra essas mazelas se expandam, envolvendo familiares e comunidade em questão como agentes transformadores."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "MOVIMENTOS SOCIAIS, SUJEITOS E PROCESSOS EDUCATIVOS"
    "palavra_chave" => "DROGAS, ESCOLA, PREVENÇÃO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_4datahora_07_08_2014_16_12_49_idinscrito_1916_1a132a7218dcc0c62e8018f20d1b1883.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:53"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:12:25"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "CAMILA MENDES DA SILVA"
    "autor_nome_curto" => "CAMILA"
    "autor_email" => "camila_mendes@hotmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais I CONEDU"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2014"
    "edicao_logo" => "5e4a0671b0a63_17022020002017.png"
    "edicao_capa" => "5f1848d9ed142_22072020111033.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-09-18 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 7118
    "edicao_id" => 23
    "trabalho_id" => 441
    "inscrito_id" => 1916
    "titulo" => "DROGAS E FORMAS DE ATIVIDADES DIDÁTICAS E DINÂMICAS DE ENSINO"
    "resumo" => "Introdução: Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), droga é qualquer substância que, introduzida no organismo, interfere no seu funcionamento.  As drogas estão presentes em todos os espaços da sociedade, inclusive no universo escolar. A escola, ao lado da família, é um dos ambientes mais propícios para que a prevenção ao uso indevido de drogas ocorra e, para isso, os professores devem assumir com competência o compromisso político e social perante o problema para combatê-la. As atividades didáticas juntamente com as dinâmicas, tanto no ensino médio quanto no ensino fundamental, estão sendo cada vez mais valorizadas tendo em vista o desenvolvimento cognitivo dos estudantes. Segundo o Centro Brasileiro de Informações sobre Drogas Psicotrópicas (CEBRID), a experiência com drogas lícitas ou ilícitas é cada vez mais precoce entre os estudantes. Objetivo: Realizar um levantamento bibliográfico sobre quais as principais e mais efetivas pesquisas desenvolvidadas e palicadas em escolas públicas com foco em combate ao uso de drogas. Metodologia: Trata de uma revisão bibliográfica com base em arquivos científicos acessados em levantamento na base de dados Biblioteca Virtual em Saúde (BVS), com os seguintes descritores: Drogas, Escola e Prevenção. Foram aplicados os seguintes critérios de inclusão: publicação no período de 2010-2014, contemplar como sujeitos da pesquisa a população do ensino fundamental e/ou médio e estar coerente com o tema do presente estudo. Resultados e discussão: Foram identificados 102 artigos, teses e monografias, restando no total de 19 publicações, as quais estavam dentro dos critérios estabelecidos para análise. Observou-se que, apesar da escassez de publicações referentes às formas de abordagens didáticas e dinâmicas sobre drogas, os artigos foram satisfatórios quanto à relevância do conteúdo. Houve publicações nas seguintes regiões: 40% na Argentina (Buenos Aires), 40% no Brasil (Santa Catarina e São Paulo) e 20% no México (Chiapas). Nas pesquisas a média de idade que evidenciaram o início do uso é de 12 a 14 anos. Contudo observou-se que o uso das drogas é uma realidade entre os países da américa latina, sendo o Brasil um dos principais alvos desta problemática. Conclusão: É indispensável a formação de educadores para o desenvolvimento da prevenção. A escola é um espaço excepcional para se trabalhar estas temáticas, entretanto, é necessário um envolvimento da comunidade escolar a esta intervenção, por isso a importância de se desenvolver no ambiente escolar a formação não só de professores, mas também de alunos e pessoas da própria população incluindo-os juntos nesta proposta, para que o combate  contra essas mazelas se expandam, envolvendo familiares e comunidade em questão como agentes transformadores."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "MOVIMENTOS SOCIAIS, SUJEITOS E PROCESSOS EDUCATIVOS"
    "palavra_chave" => "DROGAS, ESCOLA, PREVENÇÃO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_4datahora_07_08_2014_16_12_49_idinscrito_1916_1a132a7218dcc0c62e8018f20d1b1883.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:53"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:12:25"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "CAMILA MENDES DA SILVA"
    "autor_nome_curto" => "CAMILA"
    "autor_email" => "camila_mendes@hotmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais I CONEDU"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2014"
    "edicao_logo" => "5e4a0671b0a63_17022020002017.png"
    "edicao_capa" => "5f1848d9ed142_22072020111033.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-09-18 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 18 de setembro de 2014

Resumo

Introdução: Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), droga é qualquer substância que, introduzida no organismo, interfere no seu funcionamento. As drogas estão presentes em todos os espaços da sociedade, inclusive no universo escolar. A escola, ao lado da família, é um dos ambientes mais propícios para que a prevenção ao uso indevido de drogas ocorra e, para isso, os professores devem assumir com competência o compromisso político e social perante o problema para combatê-la. As atividades didáticas juntamente com as dinâmicas, tanto no ensino médio quanto no ensino fundamental, estão sendo cada vez mais valorizadas tendo em vista o desenvolvimento cognitivo dos estudantes. Segundo o Centro Brasileiro de Informações sobre Drogas Psicotrópicas (CEBRID), a experiência com drogas lícitas ou ilícitas é cada vez mais precoce entre os estudantes. Objetivo: Realizar um levantamento bibliográfico sobre quais as principais e mais efetivas pesquisas desenvolvidadas e palicadas em escolas públicas com foco em combate ao uso de drogas. Metodologia: Trata de uma revisão bibliográfica com base em arquivos científicos acessados em levantamento na base de dados Biblioteca Virtual em Saúde (BVS), com os seguintes descritores: Drogas, Escola e Prevenção. Foram aplicados os seguintes critérios de inclusão: publicação no período de 2010-2014, contemplar como sujeitos da pesquisa a população do ensino fundamental e/ou médio e estar coerente com o tema do presente estudo. Resultados e discussão: Foram identificados 102 artigos, teses e monografias, restando no total de 19 publicações, as quais estavam dentro dos critérios estabelecidos para análise. Observou-se que, apesar da escassez de publicações referentes às formas de abordagens didáticas e dinâmicas sobre drogas, os artigos foram satisfatórios quanto à relevância do conteúdo. Houve publicações nas seguintes regiões: 40% na Argentina (Buenos Aires), 40% no Brasil (Santa Catarina e São Paulo) e 20% no México (Chiapas). Nas pesquisas a média de idade que evidenciaram o início do uso é de 12 a 14 anos. Contudo observou-se que o uso das drogas é uma realidade entre os países da américa latina, sendo o Brasil um dos principais alvos desta problemática. Conclusão: É indispensável a formação de educadores para o desenvolvimento da prevenção. A escola é um espaço excepcional para se trabalhar estas temáticas, entretanto, é necessário um envolvimento da comunidade escolar a esta intervenção, por isso a importância de se desenvolver no ambiente escolar a formação não só de professores, mas também de alunos e pessoas da própria população incluindo-os juntos nesta proposta, para que o combate contra essas mazelas se expandam, envolvendo familiares e comunidade em questão como agentes transformadores.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.