Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

DO ESPAÇO GEOGRÁFICO AO CINEMATOGRÁFICO: UM ESTUDO DE CASO NO ENSINO MÉDIO INOVADOR (PROEMI)

Palavra-chaves: GEOGRAFIA, CINEMA, APRENDIZAGEM Comunicação Oral (CO) DIDÁTICA, CURRÍCULO E POLÍTICA EDUCACIONAL
"2014-09-18 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 7110
    "edicao_id" => 23
    "trabalho_id" => 499
    "inscrito_id" => 4439
    "titulo" => "DO ESPAÇO GEOGRÁFICO AO CINEMATOGRÁFICO: UM ESTUDO DE CASO NO ENSINO MÉDIO INOVADOR (PROEMI)"
    "resumo" => "O Ensino Médio deve auxiliar na formação de um cidadão, por isso, torna-se necessário o estudo articulado da geografia com os recursos cinematográficos. O cinema é uma fonte de cultura e informação e pode ser utilizado como um laboratório de análise do espaço, do tempo, da sociedade, funciona também como ferramenta para exercitar a observação e escrita, onde os alunos possam relacionar, interagir e trocar experiências sobre assuntos, a realidade e a ficção. Portanto, é perceptível que ao utilizar os recursos cinematográficos, existe uma maior autônima, onde o aluno passa a se enxergar como construtor do conhecimento. Frente a isso, esse trabalho teve como objetivos realizar análises sobre os conteúdos curriculares do ensino médio, relacionando com os filmes, documentários e vídeos; produzir documentários e desenvolver a aprendizagem a partir da cinematografia geográfica, realizando a interação dos conteúdos de sala de aula com o cinema. Esse trabalho foi desenvolvido na Escola Estadual de Ensino Médio Severino Cabral, que funciona com o ProEMI, na cidade de Campina Grande, PB, nesse projeto deu-se ênfase as disciplinas de Geografia, História, Biologia, Língua Portuguesa e Artes e aos macrocampos de Comunicação, Cultura Digital e Uso das Mídias; Leitura e Letramento; e Produção e Fruição das Artes, desta forma, seguiu-se o proposto pelo Documento Orientador do ProEMI (2013). Como primeira etapa, ocorreu o desenvolvimento dos conteúdos e atividades programados para o ensino médio inovador, depois se selecionou os filmes, vídeos e documentários. Pronta esta etapa, ocorreu à exibição cinematográfica a cada término de unidade, produção de documentários realizados pelos alunos e as análises importantes na aprendizagem A práticas realizadas demonstraram que os alunos desenvolveram a criticidade de relacionar os assuntos das aulas com os filmes, vídeos e documentários e desenvolveram o olhar crítico, cientifico e pesquisador na cinematografia, onde os educandos puderam identificar e analisar a mensagem acadêmica que os filmes, documentários e vídeos, os discentes, também, realizaram atividades escritas diversas (redações, gibis, exercícios de aplicação, resumo, fichamentos), produziram documentários e utilizaram dos instrumentos e ferramentas de mídia impressa, virtual e audiovisual."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "DIDÁTICA, CURRÍCULO E POLÍTICA EDUCACIONAL"
    "palavra_chave" => "GEOGRAFIA, CINEMA, APRENDIZAGEM"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_1datahora_08_08_2014_19_47_41_idinscrito_4439_50f5af7559fb9122abce51e0218e1da1.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:53"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:12:25"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ERICKA ARAUJO SANTOS"
    "autor_nome_curto" => "ERICKA SANTOS"
    "autor_email" => "ericka21.araujo@hotmail.c"
    "autor_ies" => "UEPB"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais I CONEDU"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2014"
    "edicao_logo" => "5e4a0671b0a63_17022020002017.png"
    "edicao_capa" => "5f1848d9ed142_22072020111033.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-09-18 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 7110
    "edicao_id" => 23
    "trabalho_id" => 499
    "inscrito_id" => 4439
    "titulo" => "DO ESPAÇO GEOGRÁFICO AO CINEMATOGRÁFICO: UM ESTUDO DE CASO NO ENSINO MÉDIO INOVADOR (PROEMI)"
    "resumo" => "O Ensino Médio deve auxiliar na formação de um cidadão, por isso, torna-se necessário o estudo articulado da geografia com os recursos cinematográficos. O cinema é uma fonte de cultura e informação e pode ser utilizado como um laboratório de análise do espaço, do tempo, da sociedade, funciona também como ferramenta para exercitar a observação e escrita, onde os alunos possam relacionar, interagir e trocar experiências sobre assuntos, a realidade e a ficção. Portanto, é perceptível que ao utilizar os recursos cinematográficos, existe uma maior autônima, onde o aluno passa a se enxergar como construtor do conhecimento. Frente a isso, esse trabalho teve como objetivos realizar análises sobre os conteúdos curriculares do ensino médio, relacionando com os filmes, documentários e vídeos; produzir documentários e desenvolver a aprendizagem a partir da cinematografia geográfica, realizando a interação dos conteúdos de sala de aula com o cinema. Esse trabalho foi desenvolvido na Escola Estadual de Ensino Médio Severino Cabral, que funciona com o ProEMI, na cidade de Campina Grande, PB, nesse projeto deu-se ênfase as disciplinas de Geografia, História, Biologia, Língua Portuguesa e Artes e aos macrocampos de Comunicação, Cultura Digital e Uso das Mídias; Leitura e Letramento; e Produção e Fruição das Artes, desta forma, seguiu-se o proposto pelo Documento Orientador do ProEMI (2013). Como primeira etapa, ocorreu o desenvolvimento dos conteúdos e atividades programados para o ensino médio inovador, depois se selecionou os filmes, vídeos e documentários. Pronta esta etapa, ocorreu à exibição cinematográfica a cada término de unidade, produção de documentários realizados pelos alunos e as análises importantes na aprendizagem A práticas realizadas demonstraram que os alunos desenvolveram a criticidade de relacionar os assuntos das aulas com os filmes, vídeos e documentários e desenvolveram o olhar crítico, cientifico e pesquisador na cinematografia, onde os educandos puderam identificar e analisar a mensagem acadêmica que os filmes, documentários e vídeos, os discentes, também, realizaram atividades escritas diversas (redações, gibis, exercícios de aplicação, resumo, fichamentos), produziram documentários e utilizaram dos instrumentos e ferramentas de mídia impressa, virtual e audiovisual."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "DIDÁTICA, CURRÍCULO E POLÍTICA EDUCACIONAL"
    "palavra_chave" => "GEOGRAFIA, CINEMA, APRENDIZAGEM"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_1datahora_08_08_2014_19_47_41_idinscrito_4439_50f5af7559fb9122abce51e0218e1da1.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:53"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:12:25"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ERICKA ARAUJO SANTOS"
    "autor_nome_curto" => "ERICKA SANTOS"
    "autor_email" => "ericka21.araujo@hotmail.c"
    "autor_ies" => "UEPB"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais I CONEDU"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2014"
    "edicao_logo" => "5e4a0671b0a63_17022020002017.png"
    "edicao_capa" => "5f1848d9ed142_22072020111033.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-09-18 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 18 de setembro de 2014

Resumo

O Ensino Médio deve auxiliar na formação de um cidadão, por isso, torna-se necessário o estudo articulado da geografia com os recursos cinematográficos. O cinema é uma fonte de cultura e informação e pode ser utilizado como um laboratório de análise do espaço, do tempo, da sociedade, funciona também como ferramenta para exercitar a observação e escrita, onde os alunos possam relacionar, interagir e trocar experiências sobre assuntos, a realidade e a ficção. Portanto, é perceptível que ao utilizar os recursos cinematográficos, existe uma maior autônima, onde o aluno passa a se enxergar como construtor do conhecimento. Frente a isso, esse trabalho teve como objetivos realizar análises sobre os conteúdos curriculares do ensino médio, relacionando com os filmes, documentários e vídeos; produzir documentários e desenvolver a aprendizagem a partir da cinematografia geográfica, realizando a interação dos conteúdos de sala de aula com o cinema. Esse trabalho foi desenvolvido na Escola Estadual de Ensino Médio Severino Cabral, que funciona com o ProEMI, na cidade de Campina Grande, PB, nesse projeto deu-se ênfase as disciplinas de Geografia, História, Biologia, Língua Portuguesa e Artes e aos macrocampos de Comunicação, Cultura Digital e Uso das Mídias; Leitura e Letramento; e Produção e Fruição das Artes, desta forma, seguiu-se o proposto pelo Documento Orientador do ProEMI (2013). Como primeira etapa, ocorreu o desenvolvimento dos conteúdos e atividades programados para o ensino médio inovador, depois se selecionou os filmes, vídeos e documentários. Pronta esta etapa, ocorreu à exibição cinematográfica a cada término de unidade, produção de documentários realizados pelos alunos e as análises importantes na aprendizagem A práticas realizadas demonstraram que os alunos desenvolveram a criticidade de relacionar os assuntos das aulas com os filmes, vídeos e documentários e desenvolveram o olhar crítico, cientifico e pesquisador na cinematografia, onde os educandos puderam identificar e analisar a mensagem acadêmica que os filmes, documentários e vídeos, os discentes, também, realizaram atividades escritas diversas (redações, gibis, exercícios de aplicação, resumo, fichamentos), produziram documentários e utilizaram dos instrumentos e ferramentas de mídia impressa, virtual e audiovisual.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.