Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

DISCUTINDO O CONCEITO DE GÊNERO: O QUE PENSA O EDUCADOR DOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL?

Palavra-chaves: GÊNERO, ESCOLA, PROFESSOR Comunicação Oral (CO) GÊNERO, SEXUALIDADE E EDUCAÇÃO
"2014-09-18 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 7101
    "edicao_id" => 23
    "trabalho_id" => 494
    "inscrito_id" => 1428
    "titulo" => "DISCUTINDO O CONCEITO DE GÊNERO: O QUE PENSA O EDUCADOR DOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL?"
    "resumo" => "Este trabalho é um recorte textual de uma pesquisa monográfica intitulada “Violência escolar e relações de gênero” realizada em 2013. Situou-se no âmbito teórico das relações de gênero e discute a importância da adoção do conceito de gênero pelo educador que leciona nos anos iniciais do ensino fundamental. Objetivou-se identificar a concepção de gênero no discurso de uma docente que lecionava no 5º ano do ensino fundamental de uma escola pública situada no município de Garanhuns, Pernambuco. A montagem do corpus e os procedimentos de análise qualitativa seguiram as orientações metodológicas da etnografia escolar, conforme André (1995). Os instrumentos da pesquisa foram: observação participante e entrevista semiestruturada. Este estudo teve duração de um mês e vinte e dois dias. A análise dos dados apontam que o conceito de gênero abordado pela docente investigada distancia-se do apresentado pela literatura, bem como sua prática ainda apresenta limitações para a desconstrução dos estereótipos de gênero, impedindo maiores reflexões de que as desigualdades econômicas, políticas e sociais existentes entre homens e mulheres não são, simplesmente, produtos de suas diferenças biológicas, mas, sim, construções resultantes das relações sociais (SANTOS; BUARQUE, 2003, p. 1), relações essas desiguais, que definem os papéis que homens e mulheres irão desempenhar na sociedade, criando uma hierarquia entre ambos.Para além disso, os dados sinalizam a necessidade de a escola, mas especificamente, o educador problematizar o conceito de gênero, com o propósito de valorizar as múltiplas subjetividades constituintes no ambiente escolar e intervir de maneira mais eficaz na promoção de uma escola com equidade de gênero."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GÊNERO, SEXUALIDADE E EDUCAÇÃO"
    "palavra_chave" => "GÊNERO, ESCOLA, PROFESSOR"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_1datahora_08_08_2014_17_00_17_idinscrito_1428_b846f4daae286d4b86de629bb634b1e2.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:53"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:12:25"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "FERNANDA CAVALCANTE DA SILVA"
    "autor_nome_curto" => "FERNANDA"
    "autor_email" => "fernanda_najara@hotmail.c"
    "autor_ies" => "UFRPE"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais I CONEDU"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2014"
    "edicao_logo" => "5e4a0671b0a63_17022020002017.png"
    "edicao_capa" => "5f1848d9ed142_22072020111033.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-09-18 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 7101
    "edicao_id" => 23
    "trabalho_id" => 494
    "inscrito_id" => 1428
    "titulo" => "DISCUTINDO O CONCEITO DE GÊNERO: O QUE PENSA O EDUCADOR DOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL?"
    "resumo" => "Este trabalho é um recorte textual de uma pesquisa monográfica intitulada “Violência escolar e relações de gênero” realizada em 2013. Situou-se no âmbito teórico das relações de gênero e discute a importância da adoção do conceito de gênero pelo educador que leciona nos anos iniciais do ensino fundamental. Objetivou-se identificar a concepção de gênero no discurso de uma docente que lecionava no 5º ano do ensino fundamental de uma escola pública situada no município de Garanhuns, Pernambuco. A montagem do corpus e os procedimentos de análise qualitativa seguiram as orientações metodológicas da etnografia escolar, conforme André (1995). Os instrumentos da pesquisa foram: observação participante e entrevista semiestruturada. Este estudo teve duração de um mês e vinte e dois dias. A análise dos dados apontam que o conceito de gênero abordado pela docente investigada distancia-se do apresentado pela literatura, bem como sua prática ainda apresenta limitações para a desconstrução dos estereótipos de gênero, impedindo maiores reflexões de que as desigualdades econômicas, políticas e sociais existentes entre homens e mulheres não são, simplesmente, produtos de suas diferenças biológicas, mas, sim, construções resultantes das relações sociais (SANTOS; BUARQUE, 2003, p. 1), relações essas desiguais, que definem os papéis que homens e mulheres irão desempenhar na sociedade, criando uma hierarquia entre ambos.Para além disso, os dados sinalizam a necessidade de a escola, mas especificamente, o educador problematizar o conceito de gênero, com o propósito de valorizar as múltiplas subjetividades constituintes no ambiente escolar e intervir de maneira mais eficaz na promoção de uma escola com equidade de gênero."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GÊNERO, SEXUALIDADE E EDUCAÇÃO"
    "palavra_chave" => "GÊNERO, ESCOLA, PROFESSOR"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_1datahora_08_08_2014_17_00_17_idinscrito_1428_b846f4daae286d4b86de629bb634b1e2.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:53"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:12:25"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "FERNANDA CAVALCANTE DA SILVA"
    "autor_nome_curto" => "FERNANDA"
    "autor_email" => "fernanda_najara@hotmail.c"
    "autor_ies" => "UFRPE"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais I CONEDU"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2014"
    "edicao_logo" => "5e4a0671b0a63_17022020002017.png"
    "edicao_capa" => "5f1848d9ed142_22072020111033.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-09-18 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 18 de setembro de 2014

Resumo

Este trabalho é um recorte textual de uma pesquisa monográfica intitulada “Violência escolar e relações de gênero” realizada em 2013. Situou-se no âmbito teórico das relações de gênero e discute a importância da adoção do conceito de gênero pelo educador que leciona nos anos iniciais do ensino fundamental. Objetivou-se identificar a concepção de gênero no discurso de uma docente que lecionava no 5º ano do ensino fundamental de uma escola pública situada no município de Garanhuns, Pernambuco. A montagem do corpus e os procedimentos de análise qualitativa seguiram as orientações metodológicas da etnografia escolar, conforme André (1995). Os instrumentos da pesquisa foram: observação participante e entrevista semiestruturada. Este estudo teve duração de um mês e vinte e dois dias. A análise dos dados apontam que o conceito de gênero abordado pela docente investigada distancia-se do apresentado pela literatura, bem como sua prática ainda apresenta limitações para a desconstrução dos estereótipos de gênero, impedindo maiores reflexões de que as desigualdades econômicas, políticas e sociais existentes entre homens e mulheres não são, simplesmente, produtos de suas diferenças biológicas, mas, sim, construções resultantes das relações sociais (SANTOS; BUARQUE, 2003, p. 1), relações essas desiguais, que definem os papéis que homens e mulheres irão desempenhar na sociedade, criando uma hierarquia entre ambos.Para além disso, os dados sinalizam a necessidade de a escola, mas especificamente, o educador problematizar o conceito de gênero, com o propósito de valorizar as múltiplas subjetividades constituintes no ambiente escolar e intervir de maneira mais eficaz na promoção de uma escola com equidade de gênero.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.