Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 217
DESAFIO DO ENSINO DE CIÊNCIAS EXATAS PARA BIÓLOGOS: UMA ANÁLISE COMPARATIVA DA APRENDIZAGEM DO ENSINO DE QUÍMICA

Palavra-chaves: INTERDISCIPLINARIDADE, BIÓLOGOS, APRENDIZAGEM Comunicação Oral (CO) FORMAÇÃO DE PROFESSORES Publicado em 18 de setembro de 2014

Resumo

A Química é responsável por inúmeros processos físicos e fisiológicos que ocorrem no meio ambiente e nos indivíduos. O cenário atual do ensino de Química tenta torna-la interdisciplinar, enfatizando a ampla rede de relações entre os conhecimentos. Diversos trabalhos estão sendo realizados com o intuito de transformar o cenário atual da Química direcionada a educação, e tentam tornar interdisciplinar os conceitos e elementos que não pertencem apenas a Química direcionada a educação, enfatizando a ampla rede de relações entre os conhecimentos. A química para os alunos se torna irreal e implícita no cotidiano pelo modo que é apresentada. O objetivo dessa pesquisa foi comparar o aprendizado do ensino de Química do Curso de Ciências Biológicas em diferentes momentos acadêmicos. A pesquisa foi realizada em uma universidade pública com duas turmas de alunos (N=60) do curso de Ciências Biológicas, aplicados aos alunos iniciantes e concluintes do curso. O questionário aplicado foi estruturado no formato da Escala de Likert com 5 níveis de respostas. Os dados foram interpretados por meio das médias de escore (pontos) individual e geral e em seguida do teste de Tukey para casos em que a ANOVA revelou variações estatisticamente diferentes, considerando o nível de probabilidade p<0,05., para verificar a tendência geral no padrão de conhecimentos dos diversos temas entre ambos os grupos estudados (iniciantes e concluintes). Os resultados demonstraram que, em geral, os alunos possuem uma compreensão confusa sobre a Química, e em ambos os grupos estudados o nível de conhecimento é o mesmo, revelando possíveis dificuldades na aprendizagem durante o curso.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.