Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

ATIVIDADES PRÁTICAS NO ENSINO DE BIOLOGIA: FORTALECENDO O PROCESSO ENSINO-APRENDIZAGEM

Palavra-chaves: CONSTRUÇÃO, ATIVIDADES PRÁTICAS, ENSINO DE BIOLOGIA Pôster (PO) FORMAÇÃO DE PROFESSORES Publicado em 18 de setembro de 2014

Resumo

O ensino das Ciências/Biologia por meio de atividades práticas é indispensável para a compreensão e construção do saber científico. Grandes progressos na área biológica sempre ocorreram após a descoberta de novas tecnologias e o desenvolvimento de novos instrumentos e metodologias de investigação. Os assuntos abordados dentro da educação básica exigem aulas práticas e devem ser vivenciadas, havendo assim a formação de uma atitude científica, que está fortemente ligada à construção do conhecimento. Dessa forma, as atividades práticas no ensino da Biologia transportam como estratégia e auxiliar o professor a construir com os alunos uma nova visão sobre um mesmo tema, levando a reflexão e a importância dos conhecimentos específicos no seu cotidiano. Foi elaborado o projeto escolar, que fez parte de um dos critérios de avaliação do componente curricular de Estágio Supervisionado Orientado II, visando a identificação das problemáticas relacionadas às situações didático-pedagógicas. Fez-se necessário desenvolver uma investigação na escola campo, Escola Estadual Lions de Parnamirim, localizada na Av. Dom Manoel de Medeiros no bairro de Dois Irmãos, no município do Recife – PE. A partir de tal pesquisa foi percebida a necessidade de realização de atividades práticas. O Objetivo foi promover a utilização de Atividades Práticas com abordagem dos temas da respiração celular, fermentação e fotossíntese, para que existisse a interação dos conhecimentos obtidos com o dia a dia. As atividades realizadas com os alunos dos 1º anos (A E B) do turno da manhã, contendo em média 76 alunos, após a Professora Biologia ter ministrado aulas sobre o metabolismo celular. As intervenções das aulas práticas acerca do assunto foram num total de quatro horas/aula, sendo que duas horas/aulas com a temática sobre respiração celular e fermentação e duas horas/aulas sobre a importância da luz na fotossíntese. Ao fim das atividades foi realizado um questionário avaliativo para verificar os interesses pelas aulas práticas, para que pudéssemos obter dados qualitativos, que estão ainda sendo analisados, sobre a utilização das aulas práticas no ensino de Biologia. Assim, os assuntos abordados dentro da educação básica exigem aulas práticas e devem ser vivenciadas, como foi confirmado pelos alunos com interesse em vivenciar ativamente as atividades práticas sobre o metabolismo energético da celular, que contribuíram para o processo de ensino. É inegável que a ausência de atividades práticas prejudica o processo de aprendizagem, pois os alunos têm uma enorme carência para formular questões e até mesmo propor soluções. Diante da experiência vivida na execução do estágio, no componente curricular de Estágio Supervisionado Orientado II, as atividades práticas no ensino da Biologia transportam como estratégia auxiliar o professor a construir com os alunos uma nova visão sobre um mesmo tema, levando a reflexão e a importância dos conhecimentos específicos no seu cotidiano.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.