Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 234
DIFICULDADES ENFRENTADAS NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM DE MATEMÁTICA: ABORDANDO VISÕES DE ESTUDANTES DE GRADUAÇÂO, PROFESSORES E ALUNOS.

Palavra-chaves: CONHECIMENTO, CRENÇAS, METODOLOGIAS Comunicação Oral (CO) EDUCAÇÃO MATEMÁTICA Publicado em 18 de setembro de 2014

Resumo

Este artigo origina-se de uma pesquisa elaborada com professores e estudantes de graduação em Matemática, bem como alunos do ensino Médio e Fundamental II, nas cidades de Nazarezinho, Monte Horebe e Cajazeiras, todas localizadas na Paraíba, no intuito de compreender quais são as maiores dificuldades enfrentadas no processo de ensino-aprendizagem de matemática. Onde elas se originam? Quais suas consequências? O que se pode fazer para mudar essa realidade? Destacamos problemas como as metodologias utilizadas pelos professores, sendo estas capazes de criarem crenças que perpetuaram com os alunos até sua graduação, e que se não forem trabalhas podem causar sérios danos para os futuros professores e consequentemente os seus futuros alunos, gerando indisciplina e desmotivação. Para isso desenvolvemos levantamentos e estudos bibliográficos além de pesquisas semiestruturadas com o público alvo, quantificando informações que entram em concordância com PCN, SILVA, MASSETO e PIAGET, evidenciando que o ensino de matemática necessita de mudanças relacionadas ao elo que deve existir entre a teoria e a prática, sendo que cada vez mais elas se dissociam. Percebe-se que a sociedade não é mais a mesma está em contaste transformações e várias atividades são propostas atualmente para favorecer a aprendizagem dos indivíduos por meio desse componente curricular, porém muito pouco ainda está sendo feito, visto que os conteúdos matemáticos não são isolados da nossa realidade, eles estão em toda parte, necessita apenas que o professor busque utilizá-los para produzir uma aprendizagem mais significativa.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.