Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

AS CONCEPÇÕES DE ENSINO, LINGUAGEM E LEITURA: COMO PROPOSTA DIDÁTICA QUE ABORDAM AS QUESTÕES ÉTNICO-RACIAIS NA EDUCAÇÃO INFANTIL

Palavra-chaves: LITERATURA INFANTIL, DIVERSIDADE ÉTNICO-RACIAL, CONCEPÇÕES DE ENSINO, LINGUAGEM E LEITURA Comunicação Oral (CO) LINGUAGENS, LETRAMENTO E ALFABETIZAÇÃO Publicado em 18 de setembro de 2014

Resumo

Uma das maiores discussões que existem nos debates de profissionais da área da educação, é referente à prática pedagógica, sempre enfatizando que toda ação no ambiente escolar deve objetivar o bem do aluno e a construção de um conhecimento relevante e significativo para sua formação como sujeito. Acreditando nisso, em 09 de janeiro de 2003 foi instituída a Lei 10.639 tornando obrigatório o ensino da história e cultura africana e afro-brasileira em toda a educação básica, com o intuito de permitir aos alunos o acesso a história e cultura do povo negro e suas contribuições para a formação do povo brasileiro. Contribuindo assim, para um o aluno conhecedor dessa história e orgulhoso de seu pertencimento étnico-racial. Nesse sentido, o principal objetivo deste trabalho é destacar a literatura afro-brasileira como uma proposta metodológica a ser utilizada na educação infantil como meio de implantar as perspectivas da Lei 10.639/03 e tornar o aluno entendedor da diversidade de povos que nosso país possui e da necessidade de valorizarmos e respeitarmos cada um deles. Trata-se de uma pesquisa qualitativa do tipo pesquisa-ação - pois objetivou intervir na realidade observada - bibliográfica e documental onde utilizaremos dos estudos desenvolvidos por Travaglia (2008), Freitas (1994) e Bezerra (2001) e algumas fontes oficiais para subsidiar nossas reflexões tais como: a Constituição Federal de 1988, a LDB de 96, a Lei 10.639/03, as Diretrizes Curriculares Nacionais para Educação das Relações Étnico-Raciais de 2004. Consideramos que o trabalho com a literatura infantil desde os primeiros anos de vida, como propusemos neste estudo, proporciona as crianças um acesso ao mundo letrado, pois o contato com as histórias infantis através dos livros possibilita a sensação de prazer pela leitura e a curiosidade pela escrita.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.