Artigo Anais VII CONEDU - Edição Online

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

NEOLIBERALISMO E POLÍITCAS EDUCACIONAIS NO BRASIL: INFLUÊNCIAS SOBRE A BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR

Palavra-chaves: NEOLIBERALISMO, POLÍTICA EDUCACIONAL, BNCC, , Comunicação Oral (CO) GT 21 - Políticas públicas de Educação Publicado em 04 de novembro de 2020

Resumo

O ARTIGO APRESENTADO, DE CUNHO TEÓRICO BIBLIOGRÁFICO, BUSCA ANALISAR E REFLETIR SOBRE A COMO O NEOLIBERALISMO INFLUENCIOU AS POLÍTICAS EDUCACIONAIS NO BRASIL. ASSIM COMO A PRESENÇA DO NEOLIBERALISMO NOS PAÍSES EM DESENVOLVIMENTO OU PERIFÉRICOS. ESTE TRABALHO ACADÊMICO TEM O INTUITO DE MOSTRAR A INFLUÊNCIAS DAS GRANDES INSTITUIÇÕES FINANCEIROS EM DIRECIONAR OS RUMOS DAS POLÍTICAS PÚBLICAS VOLTADAS À EDUCAÇÃO. ALÉM DE CONCEITUAR O NEOLIBERALISMO COMO CORRENTE IDEOLÓGICA VOLTADA AO CAPITALISMO DE MERCADO, EM QUE A MESMA DESMONTA O ESTADO, ATUANDO PRINCIPALMENTE EM PAÍSES PERIFÉRICOS. O NEOLIBERALISMO ALIADO AS GRANDES INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS INTERNACIONAIS COMO BANCO MUNDIAL, DITAM A REGRAS ECONÔMICAS E A POLÍTICA EDUCACIONAL, COM O FORTALECIMENTO DO ENSINO FUNDAMENTAL, E ENFRAQUECIMENTO DO ENSINO SUPERIOR. O BRASIL ADERIU A TAL MODELO ECONÔMICO NAS DÉCADAS DE 1980-1990, E ATUALMENTE ESTÁ MERGULHADO NUMA POLÍTICA NEOLIBERAL, QUE ESTAGNOU O PAÍS, E SOBRETUDO O SISTEMA EDUCACIONAL BRASILEIRO, COM O DESMONTE DO PROJETO DE EDUCAÇÃO DOS GOVERNOS ANTERIORES. DENTRE AS AÇÕES NEOLIBERAIS ESTÁ A BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR (BNCC), COMO UM INSTRUMENTO PARA ATENDER OS INTERESSES NEOLIBERAIS, FOMENTANDO O DISCURSO DA QUALIDADE DA EDUCAÇÃO.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.