Artigo E-book IV CONIDIH / 2ª Edição 2019

E-books

ISBN: 978-65-86901-05-4

Visualizações: 263
MÍDIA E DIREITOS HUMANOS: ENTRE DESAFIOS, ENFRENTAMENTOS E POSSIBILIDADES

Palavra-chaves: MÍDIA, DIREITOS HUMANOS, ESTUDOS CULTURAIS, PEDAGOGIA CRÍTICA DA MÍDIA, E-book AT 02: Grupos Vulnerabilizados e as Violações Contra os Direitos Humanos: o Desafio do Diálogo Democrático Para a (Re)construção da Cidadania Publicado em 12 de junho de 2020

Resumo

OS ESTUDOS SOBRE A MÍDIA TRADICIONAL REVELAM QUE ESTA OPERA A SERVIÇO DOS SETORES HEGEMÔNICOS, OS QUAIS ESTÃO VINCULADOS, POR SUA VEZ, A PROPÓSITOS NEOLIBERAIS. ESSA CONFORMAÇÃO CONDUZ A UM DESCOMPROMISSO COM OS DIREITOS HUMANOS, UMA VEZ QUE A BUSCA PELO LUCRO É PRIORITÁRIA. CONSTATA-SE A FREQUENTE INVISIBILIZAÇÃO DE PAUTAS SOCIAIS, DISTORÇÃO DE INFORMAÇÕES E PROPAGAÇÃO DE DISCURSOS COM FOCO NA MERA AUDIÊNCIA. O RESULTADO DISSO É QUE, COTIDIANAMENTE, A MÍDIA TRADICIONAL VIOLA E FOMENTA UMA CONDUTA TAMBÉM VIOLADORA DE DIREITOS HUMANOS, A QUAL AFETA EM GRANDE MEDIDA, AO PRÓPRIO PÚBLICO CONSUMIDOR DE SEU CONTEÚDO, SEM QUE PERCEBA. PARA FAZER FRENTE A ESTA REALIDADE, DISCUTIMOS COMO A PEDAGOGIA CRÍTICA DA MÍDIA PODE AUXILIAR E APONTAR CAMINHOS, A PARTIR DOS ESTUDOS CULTURAIS, PARA QUE ESTA FIGURE COMO UM DEMOCRÁTICO INSTRUMENTO DE TRANSFORMAÇÃO SOCIAL. ESTE ARTIGO FOI CONSTRUÍDO A PARTIR DAS OBRAS E ESTUDOS DE FREIRE (1987), KELLNER (2001), RIZZOTO (2012), SANTOS (2003), CRUZ (2015), MACHADO, RADDATZ E SANTOS (2015), PINTO (2018) E PINHEIRO E GOMES (2018).

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.