Artigo Anais VI CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

SAÚDE E INFÂNCIA: A CONCEPÇÃO DA CRIANÇA SOBRE SAÚDE EM UMA ESCOLA NO MUNICIPIO DE BARREIRINHA-AM

Palavra-chaves: SAÚDE, INFÂNCIA, CONCEPÇÃO Comunicação Oral (CO) GT 16 – Ensino de Ciências Publicado em 24 de outubro de 2019

Resumo

A ESCOLA SENDO ESPAÇO DE CONSTANTE INTERAÇÃO É UM LÓCUS PROPÍCIO PARA DISCUSSÕES DO SABER MODERNO COMO A SAÚDE, SOBRETUDO QUANDO SE LEVA EM CONSIDERAÇÃO A REALIDADE DAS CRIANÇAS. DESSA FORMA, A ABORDAGEM DA EDUCAÇÃO EM SAÚDE É PERTINENTE PARA QUE DESDE CEDO AS CRIANÇAS TENHAM CONTATO COM CONHECIMENTOS PARA A VIDA. DIANTE DISSO, ESTE ARTIGO TEVE COMO OBJETIVO COMPREENDER A CONCEPÇÃO DAS CRIANÇAS SOBRE SAÚDE EM UMA TURMA DO 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL DE UMA ESCOLA DO ESTADO SITUADA NO MUNICÍPIO DE BARREIRINHA-AM. O ARTIGO ESTÁ FUNDAMENTADO EM AUTORES COMO: MERLEAU- PONTY (2018); COSTA, ASSIS E ARAÚJO (2012); SANTOS (2014), CARVALHO (2017), PRINCIPALMENTE. FOI DESENVOLVIDO A PARTIR DE ESTUDO QUALITATIVO E FENOMENOLÓGICO. OS SUJEITOS DA PESQUISA FORAM 07 CRIANÇAS DE AMBOS OS SEXOS COM IDADE ENTRE 09 A 11 ANOS, DEVIDAMENTE AUTORIZADO POR ELAS E PELOS SEUS PAIS PARA UTILIZAR OS DEPOIMENTOS NESSE TRABALHO. OS RESULTADOS APONTAM QUE AS CRIANÇAS JÁ COMEÇAM A DEMONSTRAR UMA CONCEPÇÃO DE SAÚDE DE FORMA MAIS ABRANGENTE, MAS NÃO DEIXAM DE CONSIDERAR AS QUESTÕES DE PREVENÇÃO E AUTOCUIDADO. ASSIM, ENTENDE-SE QUE ELAS JÁ CAMINHAM EM DIREÇÃO A UMA ABORDAGEM DE FORMA MAIS AMPLIADA DE SAÚDE, QUE LEVA EM CONSIDERAÇÕES OS ASPECTOS SOCIAIS, SENTIMENTAIS, CULTURAIS E AMBIENTAIS.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.