Artigo Anais VI CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

PENSAR EDUCAÇÃO: O PRAGMATISMO E A CRÍTICA DE HANNAH ARENDT

Palavra-chaves: HANNAH ARENDT, PRAGMATISMO, PEDAGOGIA, EDUCAÇÃO Comunicação Oral (CO) GT 04 - Fundamentos da Educação Publicado em 24 de outubro de 2019

Resumo

ESTE TRABALHO POSSUI O OBJETIVO DE APRESENTAR REFLEXÕES DA FILOSOFA HANNAH ARENDT SOBRE A EDUCAÇÃO E SUA CRÍTICA AOS NOVOS MODELOS PEDAGÓGICOS DO SÉCULO XX, ENTRE ELES O PRAGMATISMO DE JOHN DEWEY. RESSALTA-SE A IMPORTÂNCIA DOS TEÓRICOS ACIMA MENCIONADOS, PARA A CIÊNCIA DA EDUCAÇÃO, AO PROPOREM NOVOS OLHARES E PRÁTICAS PARA ESTE CAMPO. BUSCA-SE ENTENDER COMO É POSSÍVEL AGREGAR A VALORIZAÇÃO DAS TRADIÇÕES SOCIAIS AO GANHO DOS NOVOS CONHECIMENTOS CIENTÍFICOS, REALIZANDO TODA UMA EXPOSIÇÃO BIBLIOGRÁFICA E REFLEXIVA. EVIDENCIAMOS CONCEITOS PRESENTES NA OBRA DE ARENDT “ENTRE O PASSADO E O FUTURO”. CONCLUI-SE ENTÃO QUE O CONHECIMENTO DEVE ESTAR PAUTADO NAS CONSTRUÇÕES SOCIAIS QUE SE PERPETUARAM E REGERAM TODA A HISTÓRIA DA HUMANIDADE, CONSTRUÇÕES QUE ENGENDRAM OS DISCURSOS DE CONHECIMENTO ENTRE OS OUTROS E O MUNDO.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.