Artigo Anais VI CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 269
OS DESAFIOS DO EDUCADOR FORMADOR EM MEDIAR PRÁTICAS INCLUSIVAS NA ERA DAS TECNOLOGIAS DIGITAIS

Palavra-chaves: FORMAÇÃO DE EDUCADORES, TECNOLOGIAS, EDUCAÇÃO INCLUSIVA Comunicação Oral (CO) GT 01 - Formação de Professores Publicado em 24 de outubro de 2019

Resumo

ESTE ESTUDO APRESENTA REFLEXÕES ACERCA DO USO DAS TECNOLOGIAS DIGITAIS NA EDUCAÇÃO PÚBLICA ATRELADAS A UMA EDUCAÇÃO INCLUSIVA, E JUSTIFICA-SE A PARTIR DA NECESSIDADE DE EVIDENCIAR A IMPORTÂNCIA QUE ESSA ÁREA DE CONHECIMENTO TEM PARA O SETOR EDUCACIONAL. TENDO COMO OBJETIVO APRESENTAR E COMPREENDER AS DIFICULDADES DE FORMAR EDUCADORES QUE AGLUTINEM EM SUAS PRÁTICAS, DE FORMA EFETIVA, UM OLHAR TECNOLÓGICO CORROBORANDO COM A PRÁTICA INCLUSIVA. A PESQUISA APRESENTA CARÁTER QUALITATIVO DO TIPO BIBLIOGRÁFICO E EMPÍRICO, REALIZADO A PARTIR DA PERSPECTIVA DE UM EDUCADOR FORMADOR DA REDE PÚBLICA DO MUNICÍPIO DE FORTALEZA-CE. AS DISCUSSÕES SOBRE O TEMA EM QUESTÃO E OS DADOS COLETADOS POR MEIO DA ENTREVISTA COM O EDUCADOR FORMADOR NOS FIZERAM COMPREENDER O PROCESSO DE ENSINO DE UMA PRÁTICA INCLUSIVA NA ERA DA TECNOLOGIA, RESSALTANDO A METODOLOGIA UTILIZADA E APRESENTANDO AS DIFICULDADES EM FORMAR EDUCADORES TENDO A TECNOLOGIA COMO FERRAMENTA ALIADA NESSE PROCESSO DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA. COMO RESULTADO DA PESQUISA, PODE-SE CONSTATAR JUNTAMENTE AS FALAS COLABORATIVAS DO EDUCADOR FORMADOR QUE PARA INCUTIR AS TECNOLOGIAS EM SALA DE AULA, PRIMEIRAMENTE, É PRECISO QUE HAJA UM DIRECIONAMENTO MAIS SIGNIFICATIVO EM POLÍTICAS PÚBLICAS, AUXILIANDO NO ENSINO E NA PRÁTICA DO EDUCADOR EM SALA DE AULA. NAS CONSIDERAÇÕES FINAIS, DESTACAMOS A AUSÊNCIA DE TEMPO PARA UMA FORMAÇÃO CONTÍNUA, A DEFASAGEM DOS RECURSOS DISPONIBILIZADOS E A SALA DE AULA AINDA COMO UM DEPÓSITO DE CONTEÚDO.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.