Artigo Anais VI CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

O DESPERTAR DA LIBERDADE, O USO DE FACEBOOK PARA A PROMOÇÃO DAS PRÁTICAS LEITORAS E ESCRITORAS: OLHARES E REPRESENTAÇÕES DE UMA ESCOLA PÚBLICA EM FEIRA DE SANTANA - BAHIA

Palavra-chaves: TECNOLOGIAS DA COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO, FACEBOOK, PRÁTICAS LEITORAS E ESCRITORAS. Comunicação Oral (CO) GT 17 – Ensino e suas intersecções Publicado em 24 de outubro de 2019

Resumo

O PRESENTE ESTUDO É FRUTO DA PESQUISA EM ANDAMENTO DO MESTRADO EM CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO É EXPONECEADO NO USO DAS TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO ATRAVÉS DO USO DO FACEBOOK PARA A PROMOÇÃO DAS PRÁTICAS LEITORAS E ESCRITORAS NO ESPAÇO ESCOLAR. TRAÇOU-SE COMO OBJETIVO GERAL DO ESTUDO: ANALISAR COMO AS TECNOLOGIAS DA COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO – TICS ATRAVÉS DO FACEBOOK, NO ESPAÇO ESCOLAR, PROMOVEM AS PRÁTICAS DE LEITURA E ESCRITA NUMA ESCOLA PÚBLICA DE FEIRA DE SANTANA – BA. A METODOLOGIA UTILIZADA FOI COM BASE NA PESQUISA QUALITATIVA, COMO TÉCNICA DE RECOLHA DE DADOS: OBSERVAÇÃO, QUESTIONÁRIO E A ENTREVISTA SEMIESTRUTURADA. OS PROCEDIMENTOS PARA INTERPRETAÇÃO DOS DADOS FORAM RESPALDADOS NA ANÁLISE DO CONTEÚDO, BARDIN (1977). A ABORDAGEM TEÓRICA E CONCEITUAL FOI FUNDAMENTADA, PRINCIPALMENTE, NOS ESTUDOS DE PAULINO (2001), GROSSI (2008), LÉVY (2011), CHARTIER (1998). ENTRE OUTROS. PELOS DADOS E ANÁLISES REALIZADAS, FOI POSSÍVEL CONSTATAR QUE A PRODUÇÃO DE UM TEXTO DE FORMA COLETIVA É UM PROCESSO QUE EXIGE GERAR IDEIAS, CONFRONTÁ-LAS COM OS OUTROS E ENTRAR MUITAS VEZES EM NEGOCIAÇÕES PARA CHEGAR NUM CONSENSO. CONCLUI-SE QUE AS TICS ATRAVÉS DO FACEBOOK TORNAM VIÁVEIS NOVAS FORMAS DE APRENDIZAGEM, DE CONSTRUÇÃO, DE REGISTRO E ARMAZENAMENTO DO CONHECIMENTO, POSSIBILITANDO, ASSIM, MAIOR FACILIDADE EM SEU ACESSO, COMUNICAÇÃO E USO NO DIA A DIA. ALÉM DISSO, A TECNOLOGIA NOS OPORTUNIZA UMA INTERATIVIDADE ANTES NÃO PERMITIDA PELOS DEMAIS MEIOS DE COMUNICAÇÃO, HAJA VISTA A POSSIBILIDADE DE O USUÁRIO INTERAGIR COM AQUELE QUE ENVIA OU RECEBE A INFORMAÇÃO.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.