Artigo Anais VI CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

ENSINO DE CIÊNCIAS: A EXPERIMENTAÇÃO A PARTIR DOS ESTUDOS CULTURAIS

Palavra-chaves: ENSINO DE CIÊNCIAS, EXPERIMENTAÇÃO, ESTUDOS CULTURAIS Comunicação Oral (CO) GT 16 – Ensino de Ciências Publicado em 24 de outubro de 2019

Resumo

O OBJETIVO DO ARTIGO É PENSAR EM FRONTEIRAS MOVEDIÇAS PARA O ENSINO DE CIÊNCIAS A PARTIR DOS ESTUDOS CULTURAIS FOCALIZANDO A EXPERIMENTAÇÃO. DESSE MODO, BUSCAMOS A PROBLEMATIZAÇÃO DE UMA CONCEPÇÃO DE CIÊNCIA POSITIVISTA, PAUTADA NA GENERALIZAÇÃO DOS CONHECIMENTOS, NA NEUTRALIDADE CIENTÍFICA E NA SOBREPOSIÇÃO DA CIÊNCIA DIANTE DOS DEMAIS CONHECIMENTOS. OS ESTUDOS CULTURAIS TIVERAM SEU MARCO NOS ANOS 1960, COM A VIRADA CULTURAL, ADQUIRINDO UM DESTAQUE SOBRE O COTIDIANO INTELECTUAL E ACADÊMICO, GERANDO UMA ÁREA INTERDISCIPLINAR, PAUTADA NA CULTURA, CHAMADA DE ESTUDOS CULTURAIS. A METODOLOGIA EMPREGADA AQUI É UMA PESQUISA DE REVISÃO DE LITERATURA DE CUNHO QUALITATIVO, DIVIDIDA EM DUAS CATEGORIAS, SENDO A PRIMEIRA UMA ANÁLISE DO ENSINO DE CIÊNCIAS SOB AS LENTES DOS ESTUDOS CULTURAIS E A SEGUNDA, REFERE-SE AO ESTADO DA ARTE NA EXPERIMENTAÇÃO RELACIONANDO-SE A CULTURA. COMO RESULTADOS PERCEBEMOS QUE NO ENSINO DE CIÊNCIAS PODE SER TRABALHADO EM UMA PERSPECTIVA PÓS-MODERNA, POIS A MESMA DIALOGA COM AS OUTRAS FORMAS DE CONHECIMENTO, O ESTADO DA ARTE REALIZADO NA BIBLIOTECA DIGITAL BRASILEIRA DE TESES E DISSERTAÇÕES TEVE COMO AS PALAVRAS-CHAVE DE PESQUISA: ENSINO DE CIÊNCIAS, EXPERIMENTAÇÃO E ESTUDOS CULTURAIS, COM BASE NOS OITO TRABALHADOS PUBLICADOS, APENAS TRÊS TESES E CINCO DISSERTAÇÕES MOSTRAVAM O ENFOQUE PARA OS ESTUDOS CULTURAIS. CONCLUÍMOS QUE A CIÊNCIA ESCOLAR FAZ PARTE DE UMA INTEGRAÇÃO DINÂMICA ENTRE CULTURA CIENTÍFICA E O COTIDIANO DOS ALUNOS, POIS POSSUI SÍMBOLOS E SIGNIFICADOS DEFINIDOS.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.